Jessica Alice Feinmann Wade

Jessica Alice Feinmann Wade

Jessica Wade nasceu em Londres, em 1988, e frequentou a South Hampstead High School, uma escola somente para meninas com idade entre 4 e 18 anos, formando-se em 2007. Seu interesse por Física ganhou força devido a seu professor desta do colégio, o qual lhe dava muito apoio, somado a seus pais que sempre lhe deram suporte para que ela fizesse aquilo que gostava. Wade graduou-se em Física no Imperial College of London, mesmo local onde realizou seu mestrado em Ciências e pós-doutorado em nanometrologia em semicondutores orgânicos.

Atualmente, Jessica Wade faz parte do grupo de pesquisa de Física do estado sólido nessa mesma instituição. Sua pesquisa investiga LEDs (Diodos Emissores de Luz) baseados em polímeros. Esta foi publicada em diversos jornais e, segundo a Web of Science, a partir de maio de 2019, Wade foi a única autora ou coautora de 30 artigos que foram citados 372 vezes no total.

Ela é uma grande entusiasta da participação e inserção das mulheres na ciência, e, para aumentar essa representação, utiliza de uma estratégia admirável: escreve páginas na Wikipédia sobre mulheres cientistas que por vezes são ignoradas, uma por dia. Comentou certa vez em uma entrevista que “Quando comecei a fazer minha tese de doutorado, era a única garota no grupo de pesquisa. Minha melhor amiga se pós-graduou e para mim, de repente, ficou muito difícil continuar na universidade que eu amava tanto sem uma rede de apoio. Foi então que percebi que isso deve acontecer com todas as mulheres em todos os departamentos, quando não têm essa melhor amiga”. Comenta ainda que essa iniciativa se da pelo fato de que quando se pesquisa sobre mulheres cientistas, pouco se fala sobre a pesquisa que estão realizando. Segundo seu relato e nossas próprias observações, o que aparece como relevante quando se apresenta um texto bibliográfico sobre essas mulheres baseia-se em enumerar os prêmios que elas receberam, falar de seus maridos ou mencionar o fato de que são mulheres, e suas pesquisas ficam encobertas por esses fatores. Este é justamente o caso de Wade, pois a página que a apresenta pouco fala de sua pesquisa, apenas enumerando revistas em que seus artigos foram publicados e seus prêmios.

Esperamos que por meio desta e de outras iniciativas de mesmo cunho, essa realidade mude muito em breve, para que cada vez mais essas mulheres consigam ocupar seu espaço dentro de uma área que ainda tenta, por vezes, apagá-las.

Texto por: Fernanda Barbieri de Lara.

Referências:

MARTÍN, Bruno. A mulher que inclui uma cientista por dia na Wikipédia. Disponível em: <http://nupps.usp.br/downloads/docs/dt9809.pdf>. Acesso em: 04 jun. 2019.

DESCONHECIDO. Jess Wade. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Jess_Wade>. Acesso em: 04 jun. 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *