Sigmund Freud (1856-1939)

Sigmund Freud (1856-1939)


 Sigismund Schlomo Freud (conhecido como Sigmund Freud) nasceu no dia 06 de maio de 1856 em Freiberg, Morávia. Por conta da origem judaica, aos quatro anos sua família se mudou para Viena onde os judeus eram mais aceitos.

 Desde pequeno era bom aluno. Aos 17 anos entrou para a Universidade de Viena, no curso de Medicina, durante seus anos na faculdade trabalhou com o Dr. E. W. von Brucke e fascinou-se pelas pesquisas no laboratório fisiológico, logo após trabalhou no Instituto de Anatomia com a orientação de H. Maynert. Em 1881 concluiu o curso e quis se especializar em neurologia.

 Trabalhou em uma clínica neurológica para crianças onde descobriu um tipo de paralisia cerebral. Após falar com o médico Josef Breuer que trabalhava com o método catártico, Freud teve seu ponto de partida para trabalhar a psicanálise.

 Ele foi nomeado em 1885 como professor assistente de neurologia na Universidade de Viena. Após ir para Paris e se decepcionar com um curso com o neurologista francês J. M. Charcot. Retornou a Viena e juntamente com Breuer publicou o livro “Estudos sobre a Histeria”.

 Ao abandonar a hipnose e passar a usar o método das livres associações, deu um grande salto em seu trabalho, foi o primeiro a descobrir esse método que poderia explorar as regiões mais obscuras da mente.

 Freud passou dez anos trabalhando sozinho no desenvolvimento da psicanálise. Em 1906 Adler, Jung, Jones e Stekel juntaram-se a ele. O grupo fundou a Associação Internacional Psicanalítica.

 Casou-se com Martha Bernays com quem teve seis filhos. Uma delas, Sophie morreu de gripe durante a Primeira Guerra Mundial. Sua caçula Ana, seguiu a carreira como psicanalista.

 Doente, Freud passou por uma cirurgia para retirar um tumor do palato em 1923, passou então a ter dificuldades na fala, e a sentir dores. Com a expansão do nazismo em Viena em 1938, teve seus bens confiscados e sua biblioteca queimada. Teve então que se refugiar em Londres após pagar um resgate, onde passou os últimos dias da vida.

 Sigmund Freud morreu no dia 23 de setembro de 1939 em Londres.

Texto por: Taynara dos Santos

Referências:

Sigmund Freud: Biografia e Vida. Disponível em: <https://www.ebiografia.com/sigmund_freud/> Acesso em: 11 de novembro de 2016.

Sigmund Freud. Disponível em: <http://educacao.uol.com.br/biografias/sigmund-freud.htm> Acesso em: 15 de novembro de 2016.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *