Eletrização Aracnídea

Eletrização Aracnídea


As aranhas existem há cerca de 400 milhões de anos e possuem adaptações, como a capacidade de produzir seda, onde algumas desenvolveram um sistema eficiente de injeção de veneno, que as fazem ser um hábil predador e também possuem a técnica de andar nas paredes [1].

Suas patas têm milhares de pelos de queratina, conhecidos como setae. Eles têm um diâmetro finíssimo, equivalente a um décimo de um fio de cabelo. Cada setae, por sua vez, tem centenas de minúsculas terminações, representadas na Figura (1) [2].

São esses minúsculos membros com pelos que tiram proveito de um fenômeno natural chamado força Van der Waals, que é a soma de todas as forças atrativas ou repulsivas, em que os elétrons de variação estática entre os pelos da aranha circulam até que um negativo e um positivo finalmente se encontram. E, como os opostos se atraem, neste caso, existe a criação de um vínculo que resulta no efeito necessário para a aranha grudar em qualquer superfície [3].

Então você deve estar se perguntando: “E por que as aranhas não grudam na própria teia?”. Ao contrário do que muitos pensam, nem todos os fios da teia de uma aranha são pegajosos. A aranha sempre se desloca sobre os fios não adesivos. E mesmo que, por distração, ela pise num fio pegajoso, não vai ficar presa. Suas patas são dotadas de pelos e garras de diferentes formatos e tamanhos que a ajudam a se livrar do fio [2].

Texto por: Lhonidas de Senna Junior.  

Referências:

[1] AMARAL, Felipe Filgueira. ESTUDO DE AGLOMERADOS OBTIDOS COM SEDA DE TEIAS DE ARANHA. 2012. 92 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Física, Física, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012. Disponível em: <https://www3.ufpe.br/ppgfisica/images/dissertao_felipe%20filgueira.pdf>. Acesso em: 22 abr. 2019.

[2] VASCONCELOS, Yuri. Como alguns animais conseguem subir nas paredes? Disponível em: <https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-alguns-animais-conseguem-subir-nas-paredes/>. Acesso em: 22 abr. 2019.

[3] BORGES, Claudia. LEIS DA FÍSICA E ANIMAIS: UMA COMBINAÇÃO SURPREENDENTE. Disponível em: <https://www.megacurioso.com.br/animais/42603-leis-da-fisica-e-animais-uma-combinacao-surpreendente.htm>. Acesso em: 22 abr. 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *