Três Macacos Sábios

Três Macacos Sábios

Neste provérbio antigo, vemos três macaquinhos associados a ele. Cada um complementa o ditado popular com um gesto diferente: Um tampa os olhos, o do meio tampa os ouvidos e o outro tampa a boca. Mas de onde surgiu essa frase? O que ela realmente quer dizer?

Bom, ao que parece, sua origem é chinesa, porém é quase certo que foi no Japão que ela ganhou o mundo e se tornou um ditado popular ou um provérbio japonês, que no Japão são chamados de Kotowaza.

A relação do ditado com os macaquinhos seria devido a um jogo de palavras. É que “Zaru” se usa no final dos verbos no Japão e sua fonética soa parecido com “Saru”, que é macaco em japonês. Existe uma estátua dos três macacos no Santuário Toshougu, na cidade de Nikko, na qual ilustram a porta do Estábulo Sagrado.

Segundo a religião budista, os gestos dos três macacos representam a divindade de seis braços Vajrakilaya, onde o principal ensinamento é não ouvir, ver ou falar mal, pois dessa forma, nós mesmos seremos poupados do mal. Em outras interpretações dizem que as estátuas dos Três Macacos Sábios simbolizam paz e harmonia, protegem o lar das energias ruins e ajuda a evitar que o mal se espalhe.

A filosofia por trás do simbolismo dos macacos vem de uma lenda Tendai-budista, na qual os macacos são usados para representar o ciclo de vida do homem. O provérbio “não veja o mal, não ouça o mal, não fale o mal” é chamada no Japão de “regra de ouro”, onde se se encontra outros ensinamentos que ajudam a promover harmonia entre as pessoas: Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem à você.

Mizaru, Kikazaru, Iwazaru, literalmente significa: miru=olhar, kiku=ouvir, iu=falar e zaru=negar, que pode ser traduzido como “Não olhe para o mal, não escute o mal, não pronuncie o mal”. Embora tenha diversas interpretações, acredita-se que se refira ao fato que se não praticarmos o mal aos outros, dessa forma manteremos o mal distantes de nós mesmos.

Texto por: Allan Felipe Gaspareto Machado

Referências:

Three wise monkeys, a two thousand years symbol explained. Disponível em: <http://www.omalayatravel.com/three-wise-monkeys-symbol-explained/>. Acesso em: 17 out. 2018.

The three wise monkeys: Mizaru, Kikazaru, and Iwazaru. Disponível em: < https://www.thevintagenews.com/2017/06/03/priorityrwmizaru-kikazaru-iwazaru-three-wise-monkeys/ >. Acesso em: 17 out. 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *