Rosalind Elsie Franklin

Rosalind Elsie Franklin


Rosalind Elsie Franklin foi uma importante pesquisadora na área de biofísica. Nasceu em Londres, no ano de 1920. Filha de um cientista, já aos 15 anos sabia que gostaria de seguir carreira na mesma área.

Na época, Rosalind sofreu, especialmente, para encontrar escolas para mulheres na época onde ensinassem Física e Química, por exemplo, mas logo em 1938 ingressou em Cambridge a fim de estudar Química e fez suas pesquisas desenvolvendo estudos fundamentais sobre microestruturas do carbono e do grafite. Foi para Paris pelo convite de trabalhar no Laboratório Central de Serviços Químicos do Estado no cargo de “chercheur” e foi, então, que aprendeu as técnicas de difração de raios-X de Jacques Maring. Desde então, dedicou-se aos estudos de cristalografia por raios-X, seguindo como pesquisadora ao analisar a estrutura física de materiais carbonizados.

Ao retornar para a Inglaterra, concentrou-se em analisar a estrutura do DNA juntamente à equipe de biofísicos do King’s College Medical Research Council (1951) e Raymond Gosling no laboratório de biofísica do britânico Maurice Wilkins e iniciou os estudos com difração de raios-X para determinar a estrutura da molécula do DNA. Fora importante para desvendar esse mistério (evitar o uso de “estrutura de DNA”, sendo que sua pesquisa foi fundamental para Watson, Maurice Wilkins e Francis Crick, que ganharem o Nobel em 1962.

Em 1956, ao iniciar sua pesquisa sobre o vírus da pólio, descobriu que estava com câncer. Morreu na cidade de Londres, aos 37 anos. Watson, que nunca incluiu as fontes de Rosalind em seus artigos, finalmente admitiu ter utilizado dados e fotografias dela no livro “The Double Helix”, publicado em 1968.

Texto por: Gabriele Chomen Costa.

Referências:

PERCíLIA, Eliene. “Rosalind Elsie Franklin”; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biografia/rosalind-elsie.htm>. Acesso em 06 de marco de 2017.

DESCONHECIDO. Rosalind Franklin (1920-1958). Disponível em: <http://www.dnaftb.org/19/bio-3.html>. Acesso em: 06 de marco 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *