Arquimedes

Arquimedes

 

 Arquimedes nasceu no ano de 287 a.C em uma colônia grega chamada Siracusa, onde hoje é a Itália. Por ser filho de Fidias, astrônomo que costumava reunir seus colegas da ciência em casa, Arquimedes deste de muito cedo esteve no mundo dos números, já quando adulto atuou de formas maneiras: físico, matemático, engenheiro, astrônomo. Estudou em Alexandria, que naquela época era considerada o centro intelectual do mundo, nesse período teve contato com o que tinha de mais avançado em estudos, teve como mestre Canon de Samos o que fez que entrasse em contato com Erastóstenes. Junto de Erastóstenes desenvolveu métodos de aplicar a mecânica na geometria. Em seguida retornou à Siracura, voltando sua dedicação para o trabalho cientifico.

 Em Siracura colocou muito do que estudou em Alexandria em pratica. Chegou a ideia de gravidade especifica – Principio de Arquimedes-, afirmando que “qualquer corpo mais denso que um fluido, ao ser mergulhado neste, perderá peso correspondente ao volume do fluido descolado.” Inventou um dispositivo chamado Parafuso de Arquimedes, o qual consiste em um tipo de mola em espiral, ajustada dentro de um cilindro que ao girar faz com que a água suba. Também desenvolveu as formulas da área da superfície e do volume da esfera e cilindros.

 Arquimedes foi considerado um dos grandes matemáticos da antiguidade, Plutarco chegou a denominar a inteligência de Arquimedes como acima do normal. Dentro de suas diversas invenções as mais conhecidas são as hilariantes. Assim como a vez que utilizou seu método para comprovar se uma coroa era feita de ouro, conseguiu resolver este desafio tomando banho ao observar que a banheira transbordava conforme mergulhava nela, Arquimedes ligou os pontos e tomado de tanta alegria saiu pelas ruas de Siracura gritando Eureka! Eureka! (Descobri! Descobri!). As invenções de Arquimedes são tão famosas, e segundo acredita-se, muitas delas ajudaram Siracura a resistir durante 3 anos aos assédios romanos, uma vez que Arquimedes também foi responsável pela invenção da alavanca e da organização de espelhos para queimar as velas de navios inimigos.

 Dentre seus mais famosos livros podemos citar: Equilíbrios Planos, onde fundamentou a lei da alavanca, deduzindo-a por meio de poucos postulados, determinou o centro de gravidade de paralelogramos, trapézios, retângulos e de um segmento de parábola; Sobre a Esfera e o Cilindro,  Arquimedes utilizou um método conhecido como exaustão, precedente do cálculo integral, para determinar a superfície de uma esfera e para estabelecer a relação entre uma esfera e o cilindro circunscrito nela.

 Mesmo obtendo fama por suas invenções mecânicas, ele acreditava que o que realmente valia à pena era a matemática, em sua forma mais pura.

 Em 212 a.C Arquimedes foi morto por um soldado, quando Siracura foi invadida.

Texto por: Gabriele Chomen

Referências

http://www.infoescola.com/biografias/arquimedes/

www.e-biografias.net/arquimedes

http://www.ghtc.usp.br/server/Sites-HF/Sergio/arq3.htm

1 comentário

  • Muito bom! Seria interessante se vocês fizessem um vídeo falando sobre a história da física e como ele e outros filósofos ajudaram na construção da física! Parabéns pelo trabalho, acompanho toda semana! Só textão! <3

    Luciano Dias Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *