Resenha: A corrente da Vida

Resenha: A corrente da Vida


Autor: Walcyr Carrasco.

Ano de publicação: 2003.

Gênero: Romance.

   A história é baseada no combate ao preconceito, na solidariedade e na falta de informação sobre a AIDS, na qual relata a jornada de eventos de dois amigos, Raquel e Nelson, ela com muitas qualidades, jovem simpática, muito atenciosa e dedicada, carinhosa e sempre muito preocupada com seus próximos. Ele muito aplicado às matérias, novo no colégio, mas sempre se mostrou disposto a fazer novos amigos, e em pouco tempo se tornou o melhor amigo de Raquel.

   Ao decorrer da história de amizade, Nelson começa a ter muitas faltas nas aulas, o que motivou Raquel e seus amigos a buscar as causas do seu sumiço. Logo descobrem que Nelson contraiu uma doença, por falta de informações e prevenção, descobrindo estar contaminado com o vírus da AIDS. Por vergonha e medo da sua doença, ele pede sigilo, segredo em não revelar aos outros sobre a contaminação, devido ao preconceito geral que as pessoas têm. No entanto, uma aluna do colégio descobre e acaba espalhando para toda a escola sobre a contaminação de Nelson, sofrendo muitos preconceitos sobre. Apesar disso, atitudes foram tomadas, informações de prevenções sobre a doença foram esclarecidas para um maior e melhor conhecimento de todos. 

   Com a ajuda de Raquel e seus outros amigos, Nelson consegue ter melhor apoio para enfrentar o tratamento da doença, vista por muitas recaídas e olhares de julgamentos. As pessoas achavam que a doença era contagiosa apenas de ficar no mesmo ambiente, gerando, assim, olhares de nojo, deboche, brincadeiras de mau gosto e até mesmo protestos a favor de que Nelson não poderia frequentar a mesma escola. A amizade prevaleceu e o ajudou a passar por todos esses obstáculos, o ombro amigo, carinho e solidariedade do próximo fizerem com que Nelson conseguisse encarar melhor aqueles momentos difíceis.

   Como progressão da doença, Nelson vai enfraquecendo, mas sempre tendo o apoio de Raquel. Alunos e professores do colégio fazem uma corrente de atitude, ajudando em campanhas para arrecadação de dinheiro para fins de medicamentos. 

   Conhecimento sobre a doença foi despertado entre alunos e professores, laços foram criados entre Nelson e Raquel, os quais se apaixonaram, porém, esse romance é interrompido, uma vez que Nelson acaba falecendo.

Autor da resenha: Lhonidas de Senna Junior

1 comentário

  • Li esse livro a 4 anos atrás por recomendação da escola, ficou marcado na minha vida

    Nicks Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *