Murray Gell-Mann

Murray Gell-Mann

Murray Gell-Mann. Fonte: Site Nobel Prize


 Murray Gell-Mann nasceu em 15 de setembro de 1929 na cidade de Nova Iorque. Obteve seu bacharelado em ciências na Universidade de Yale em 1948 e o Ph.D. em 1951 no Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT). Durante 1952-1953 ensinou na Universidade de Chicago, em 1954 foi nomeado Professor Associado para a pesquisa de relações de dispersão. Neste período ele desenvolveu a strangeness theory e a eightfold way theory. Em 1956 foi nomeado Professor, suas pesquisas então se direcionaram mais a teoria das interações fracas. Murray Gell-Mann casou-se em 1955 com J. Margaret Dow, com quem tem dois filhos, Elizabeth e Nicholas.

 Gell-Mann é um dos mais importantes cientistas de hoje. Foi diretor da Fundação J.D. e C.T. MacArthur de 1979 a 2002, é membro da Sociedade de Conservação da Vida Selvagem. Pertenceu a Academia Nacional de Ciências, a Academia Americana de Artes e Ciências, a Sociedade Americana Filosófica, e ao Conselho de Relações Externas; é também um Membro Estrangeiro da Sociedade Real de Londres. Esteve no Comitê Consultivo de Ciências da Presidência do EUA de 1969 a 1972 e no Comitê Presidencial de Conselheiros de Ciência e Tecnologia de 1994 a 2001. Hoje é membro e professor do Instituto Santa Fé.

 Já recebeu vários prêmios entre eles: o prêmio Dannie Heinman da Sociedade Americana de Física; o Prêmio Memorial Ernest O. Lawrence de Comissão de Energia Atômica; a Medalha Franklin do Instituto Franklin; a Medalha John J. Carty da Academia Nacional de Ciências; a Medalha Albert Einstein; o prêmio de “Ciência pela Paz” Ettore Majorana; o grau honorário em muitas universidades, incluindo Yale, Columbia, Universidade de Chicago, Cambridge, e Oxford. Além do prêmio Nobel em Física recebido em 1969 por seu trabalho com a teoria das partículas elementares.

 Em 1994 publicou o livro O Quark e o Jaguar, onde apresenta suas ideias de forma simples para leitores leigos no assunto. Os interesses de Gell-Mann se estendem muito além da física, até a linguística, arqueologia, história natural, psicologia do pensamento criativo, e outros assuntos conectados com evolução biológica e cultural. Muitas das suas pesquisas recentes no Instituto Santa Fé são focadas na teoria dos sistemas adaptativos complexos, que trazem muitos destes tópicos. Atualmente o Professor está encabeçando o Programa de Evolução da Linguagem Humana no mesmo instituto.

Texto por: Bárbara de Almeida S

 Referências:

Murray Gell-Mann. Disponível em:  http://www.soq.com.br/biografias/murray_gell-mann/. Acesso em: 14 de Março de 2016.

Murray Gell-Mann – Biographical. Disponível em: http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/physics/laureates/1969/gell-mann-bio.html. Acesso em: 14 de Março de 2016.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *