O Teste de Q.I.

O Teste de Q.I.

O teste de Q.I. consiste em um serie de perguntas formuladas para mensurar o Quociente de inteligência das pessoas. Esse teste foi inspirado nos trabalhos feitos pelo pedagogo e psicólogo francês Alfred Binet. Ele observou que as crianças aprendiam com ritmos diferentes, então Alfred formulou uma avaliação que seria capaz de separar os alunos em “grupos de idade”, desta forma, se um aluno tirasse uma nota relativa aos alunos de idade superior era considerado um destaque, se o aluno tirasse uma nota inferior receberia ajuda especial. Assim, em 1905, surgiu a primeira escala de inteligência, que posteriormente foi aprimorada pelo psicólogo Lewis Terman, da Universidade de Stanford em 1916, então esta escala passou a ser chamada de Stanford-Binet.

Atualmente existem muitos testes de Q.I. disponíveis na internet e na maioria deles é feita uma divisão entre a idade mental e a idade cronológica e posteriormente uma multiplicação por 100, porém não é nada fácil determinar a idade mental. Desta forma os testes devem ser formulados levando em consideração a idade do individuo, não podendo existir um teste universal. A maioria dos testes encontrados na internet não é capaz de informar o valor exato do Q.I. de uma pessoa, servem apenas como entretenimento.

Após realizar a normalização dos resultados obtidos pelo teste faz-se um desvio padrão de 15, assim a inteligência média vai de 85 a 115. Abaixo desde valor é sinal que ocorreu um comprometimento intelectual. Acima indica um desenvolvimento cognitivo avançado. Caso o indivíduo receba nota maior do que 130, é considerado gênio. Porém, somente 2% da população alcança este resultado, mesmo número para os casos com resultados abaixo de 70.

Porém, para alguns pesquisadores a ideia de Q.I. não é a única hipótese para inteligência, mas somente uma parte dela. Segundo o professor e psicólogo Howard Gardner, existem nove inteligências que o ser humano pode possuir que são corporal-cinestésica, espacial, linguística, musical, lógico-matemática, interpessoal, intrapessoal, naturalista e existencialista. Além disso, especula-se a formulação de uma décima inteligência, a digital.

Desta forma o teste de Q.I. somente seria capaz de identificar a inteligência linguística e a lógica.

Texto por: Diana M. N. Thomen.

Referências:

DESCONHECIDO. Como é calculado o QI? Veja testes que buscam medir a inteligência. Disponível em: <https://noticias.terra.com.br/educacao/como-e-calculado-o-qi-veja-testes-que-buscam-medir-a-inteligencia,7dd95db27ca4d310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html>. Acesso em: 27 mar. 2017.

DESCONHECIDO. O que é um teste de QI? Disponível em: <http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2014/09/o-que-e-um-teste-de-qi.html>. Acesso em: 28 mar. 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *