Sin-Itiro Tomonaga (Shin’ichirō) (1906 – 1979)

Sin-Itiro Tomonaga (Shin’ichirō) (1906 – 1979)


 Shin’ichirō Tomonaga (lê-se Sin-itiro), juntamente com os norte-americanos Richard Feynman e Julian Schwinger, recebeu o Prêmio Nobel em Física em 1965, pelo desenvolvimento dos princípios básicos da eletrodinâmica quântica.

 Tomonaga nasceu em 31 de março de 1906, na cidade de Kyoto no Japão. Ele se formou no colégio de ensino médio mais renomado da cidade, iniciou e concluiu a graduação de bacharel em física na Universidade Imperial de Kyoto junto à Hideki Yukawa, um de seus melhores amigos e também ganhador do prêmio Nobel. Depois de formado fez trabalhos de pesquisa no Instituto de Pesquisa Física e Química, em Tóquio, onde se aproximou de começar sua teoria sobre eletrodinâmica quântica – sob a orientação de Yoshio Nishima.

 Durante os anos de 1937 a 1939, Tomonaga viveu em Leipzig, Alemanha, estudando sobre física nuclear e a teoria quântica de campo em colaboração com o grupo teórico de W. Heisenberg. Lá ele publicou um artigo sobre “Atrito interno e a condutividade térmica do material do núcleo”, o qual escolheu como tese para o doutorado na Universidade Imperial de Tóquio, em dezembro de 1939.

 Em 1940 direcionou sua atenção à teoria do méson e desenvolveu a teoria do acoplamento intermediário, a fim de esclarecer a estrutura das nuvens de mésons em torno do núcleo. Tomonaga se tornou professor de física na Universidade de Bunrika (hoje Universidade de Tóquio) em 1941, ano em que ele começou suas investigações sobre o problema da eletrodinâmica quântica. No ano seguinte fez sua primeira proposta sobre a formulação covariante da teoria quântica de campo, em que o conceito de estado quântico foi generalizado de modo a ser relativisticamente covariante. O qual retornou a estudar após o fim da Segunda Guerra Mundial. Seu objetivo era investigar a natureza da reação de campo na teoria do méson, bem como na eletrodinâmica quântica.

 Durante a guerra, Tomonaga esteve interessado em desenvolver uma teoria de sistemas de micro-ondas. Ele resolveu o movimento dos elétrons no magnetron e também desenvolveu uma teoria unificada dos sistemas que consistem em guias de onda e ressonadores da cavidade.

 Tomonaga foi convidado para o Instituto de Estudos Avançados de Princeton, em 1949, onde se envolveu na investigação de sistema de férmions unidimensional.

 Em 1955, ele publicou uma teoria elementar de movimentos coletivos da mecânica quântica e assumiu a liderança na criação do Instituto de Estudos Nuclear, Universidade de Tóquio. De 1956 a 1962 ele foi Reitor da Universidade de Tóquio e desde 1963 foi presidente do Conselho de Ciência do Japão e Diretor do Instituto de Pesquisa Óptica na mesma universidade. Ocupou posições importantes em vários comitês governamentais para a pesquisa científica. Entre os prêmios de Tomonaga estão: o Prêmio da Academia do Japão (1948); a Ordem da Cultura (1952); e a Medalha de Lomonosov, U.R.S.S. (1964). Foi membro da Academia do Japão, a Academia Alemã de Ciências “Leopoldina”, membro estrangeiro da Academia Real Sueca de Ciências, membro correspondente da Academia Bávara de Ciências e associado estrangeiro da Academia Nacional de Ciências dos USA.

 Tomonaga publicou amplamente em revistas científicas sobre eletrodinâmica quântica, a teoria do méson e física nuclear, além de um livro, “Quantum Mechanics”, que foi publicado em 1949.

 Tomonaga casou-se em 1940 com Ryoko Sekiguchi, filha do Dr. Sekiguchi, o ex-diretor do Observátorio Metropolitano de Tóquio, com a qual teve dois filhos e uma filha. Faleceu em julho de 1979 na cidade de Tóquio.

Texto por: Bárbara de Almeida S.

 Traduzido e adaptado de:

NOBEL PRIZE. Sin-Itiro Tomonaga – Biographical. Disponível em: http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/physics/laureates/1965/tomonaga-bio.html. Acesso em: 09 de out. de 2016.

ENCYCLOPÆDIA BRITANNICA. Tomonaga Shin’ichirō. Disponível em: <https://global.britannica.com/biography/Tomonaga-Shinichiro>. Acesso em: 09 de out. de 2016.

Fonte da imagem de destaque: Site Nobel Prize. Disponível em: http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/physics/laureates/1965/tomonaga-bio.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *