Edward Teller (1908-2003)

Edward Teller (1908-2003)

Imagem: Edward Teller, em 1958, como Diretor do Lawrence Livermore National Laboratory. Fonte: Wikimedia Commons (Domínio Público).  

“A ciência de hoje é a tecnologia de amanhã”


 

 Edward Teller nasceu em 15 de janeiro de 1908, em Budapeste, Áustria-Hungria. Deixou sua terra natal em 1926, e fez o ensino superior na Alemanha. Ainda jovem, se envolveu em um acidente com um bonde, e este atingiu sua perna, o que o obrigou a um pé protético.

 Formou-se em Engenharia Química no Instituto de Tecnologia de Karlsruhe e recebeu seu Ph.D em física, no ano de 1930, sob Werner Heisenberg, na Universidade de Leipzig.

 Deixou a Alemanha em 1934 para fugir no nazismo, mudando-se brevemente para a Inglaterra. Casou-se em fevereiro de 1934.

 Foi pesquisador associado da Universidade de Gottingen, seguido de um ano em Copenhagen, onde trabalhou com Niels Bohr.

 Em 1935 recebeu um convite para tornar-se professor de física na George Washington Universitiy, onde trabalhou até 1941. Também em 1941, depois de tornar-se cidadão naturalizado americano, começou a demonstrar interesse na energia nuclear, tanto na fissão quanto na fusão.

 Em 1942, Teller foi convidado a fazer parte de um seminário de planejamento de verão na Universidade de Berkeley, para as origens do Projeto Manhattan.

 Trabalhou pela primeira vez com Leo Szilard na Universidade de Chicago, e em 1943, liderou o grupo Los Alamos, na divisão de física teórica, porém, seu interesse com a H-bomba causou tensões com outros cientistas.

 Em 1946, deixou Los Alamos e voltou para a Universidade de Chicago, mas quando soube que a União Soviética realizou seu primeiro teste com dispositivos atômicos em agosto de 1949, Teller fez seu melhor para conseguir apoio a um programa de emergência para construir uma bomba de Hidrogênio.

 Após ele e um matemático Stanislaw Ulam darem indícios de que a H-bomba poderia funcionar, Teller não foi escolhido para dirigir o projeto da mesma, e algum tempo depois se juntou ao recém-criado Laboratório Nacional Lawrence Livermore, um laboratório de armas nucleares rival na Califórnia.

 Teller continuou sendo um grande defensor da política de defesa forte, sendo chamado para o desenvolvimento de armas termonucleares. Foi nomeado diretor emérito do laboratório Livermore e pesquisador sênior da Hoover Institution, posição que ocupou até a morte. Teller recebeu vários prêmios durante sua carreira, incluindo a medalha presidencial de prestígio a Liberdade, que lhe foi atribuído em 2003 pelo presidente Bush. Também é conhecido hoje como o pai da bomba de hidrogênio.

 Teller morreu devido a um derrame no dia 09 de setembro de 2003, em Stanford, Califórnia.

Texto por: Diana M. Navroski

 Referências:

DESCONHECIDO. Edward Teller (1908 – 2003). Disponível em: <http://www.atomicarchive.com/Bios/Teller.shtml>. Acesso em: 31 maio 2016.

DESCONHECIDO. Edward Teller. Disponível em: <http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/EdwaTell.htm>. Acesso em: 31 maio 2016.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *