Inscrições para Programas Institucionais de Bolsas de Extensão Universitária vão até sexta-feira (18)

Inscrições para Programas Institucionais de Bolsas de Extensão Universitária vão até sexta-feira (18)

Uma Universidade pública e qualidade – como a Unicentro – atua, diariamente, alicerçada em três pilares: o ensino, a pesquisa e extensão. E para incentivar a participação de estudantes em ações extensionistas, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) está com editais dois abertos, até sexta-feira (18). Um deles é o do Pibex, que é o Programa Institucional de Bolsas de Extensão, aberto a participação de qualquer aluno, regularmente matriculado, da Universidade. O outro é o Pibis, o Programa Institucional de Bolsas de Inclusão Social, voltado para os alunos que entraram na Instituição por cotas sociais ou são oriundos de escolas públicas.

A gente sabe que tem alunos que são carentes e que a bolsa, apesar de ser um valor pequeno, acaba ajudando bastante. Eu acho que isso fortalece muito a extensão e acaba fazendo com que o aluno permaneça mais na Universidade”, reflete a diretora de Extensão da Unicentro, professora Helcya Hulse. Mas a bolsa, segundo a professora Helcya, é apenas um complemento. Para ela, os benefícios, de fato, são aqueles ligados à formação dos estudantes. “Tem também o ganho que o aluno tem em conhecimento técnico, porque ele vai exercitar o que ele aprende em sala de aula e, ao mesmo tempo, pode contribuir para o desenvolvimento de uma comunidade”.

Posicionamento compartilhado pela professora Ana Lucia Suriani, do Departamento de Ciências Biológicas. A docente coordenou um projeto de extensão, recém-finalizado, que focava no combate à crises hídricas através de oficinas pedagógicas. Ela avalia a experiência como muito positiva para todos os envolvidos. “No meu ponto de vista, é algo muito importante, já que é o momento dos acadêmicos e dos professores estarem inseridos na comunidade e a comunidade se aproximar um pouco mais da Universidade”, afirma.

O estudante de Ciências Econômicas, Alcyr Campos, reafirma os benefícios de participar de um programa de extensão. “Financeiramente, a bolsa auxilia, principalmente quem vem de fora, de outra região. Apesar de eu ser de Guarapuava, eu moro no distrito. Então, eu tenho que estar me locomovendo de casa para a Universidade, e a bolsa auxilia. E por eu estar aqui na Instituição, auxilia na parte dos estudos”.

O Alcyr é bolsista pelo Pibis. Mas depois na participação em um projeto de extensão, acredita que a experiência é fundamental mesmo para quem não recebe o auxílio. “Eu recomendaria não só como bolsista, mas voluntariamente para quem quer agregar mais conhecimentos e ter experiências que contribuem para seu aprendizado é essencial”, reconhece.

As inscrições para o Pibex e para o Pibis ficam abertas até o dia 18 de maio e ocorrem de maneira similar as dos programas de Iniciação Científica. o professor – que deve ter projeto ou programas de extensão em andamento – faz sua inscrição pelo Sistema de Gestão Universitária e indica os alunos participantes. Depois, são os estudantes que submetem um Plano de Trabalho. Os Editais podem ser encontrados no site da Unicentro, na página da Proec.

Deixe uma resposta