A UNICENTRO insere-se em Programas Nacionais e Internacionais de Cooperação, visando a projeção da Pós-Graduação nos contextos do País e mundial. Agências de fomento como a CAPES e o CNPq financiam programas dessa natureza, sendo a oficialização das parcerias na UNICENTRO efetuada por meio de convênios acadêmicos, nacionais e internacionais, esses últimos, operacionalizados pelo Escritório de Relações internacionais-ERI.

O Programa de Pós-graduação em Letras da UNICENTRO (PPGL) empenha esforços em incrementar a internacionalização. Há vários convênios implementados, dentre eles com a Sérvia, que já rendeu frutos com a vinda das alunas Jovana Simanic e Isidora Popovic que participam como alunas regulares do Programa, sendo que a primeira já defendeu sua dissertação.

Os professores Maria Cleci Venturini e Maria Salete Borba aprovaram projetos de pós-doutoramento, respectivamente, em Coimbra, na Holanda e em Berlim, esses estágios demonstram que há inserção dos projetos da UNICENTRO em instituições internacionais.

Professores do Programa ministraram palestras e conferências em Universidades estrangeiras, destacando a UC – Universidad de Cádiz- Espanha e na Universidade de Leiden- Irlanda. A professora Lídia Stutz fez parte do seu doutorado em Genebra e tem dado continuidade à parceria com produção bibliográfica conjunta, participação em reuniões de estudos, entre outras. A professora Denise Witzel, possui produções no prelo na França e a professora Maria Cleci Venturini está organizando livro em que o professor Juan M. Lopez Muñoz da Universidade de Cádiz e publicou capítulo, juntamente com Verli Petri, da UFSM e, a professora Adelaide Chichorro Ferreira, da Universidade de Coimbra.

Além disso, alguns discentes realizaram estágios no exterior e cursaram disciplinas no curso de Doutoramento na Universidade de Jujuy com iniciativas de Márcio Fernandes e Nincia Cecilia Ribas Borges Teixeira.

A internacionalização se efetua, especialmente, por meio de Acordos Bilaterais, em que se desenvolvem projetos conjuntos de pesquisa entre grupos brasileiros e estrangeiros. Há financiamento de missões de trabalhos, realizadas por docentes, missões de estudo, envolvendo o intercâmbio entre alunos, e custeio de atividades dos Projetos.

 

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *