Unicentro participa da Jornada de Inovação e Múltiplos Conhecimentos

Unicentro participa da Jornada de Inovação e Múltiplos Conhecimentos

Olhos atentos, muita diversão e conhecimento. Esses foram os elementos presentes em toda a Jornada de Inovação e Múltiplos Conhecimentos, a Educatech. O evento, promovido pelo Núcleo Regional de Educação, teve como objetivo expor os trabalhos desenvolvidos por alunos das escolas públicas de Guarapuava e região voltados para o desenvolvimento de tecnologias e inovação. Durante a Jornada, os alunos da educação básica também puderam dialogar com empresas e universidades da região. Para a assessora pedagógica do Núcleo Regional de Educação, Isabela Queiroz, o encontro destaca a importância da tecnologia como elemento transformador na educação. “Quando a gente fala em tecnologia a gente pensa em recursos muito caros, muito investimento. Mas, muitas vezes, não é isso. A gente precisa de pessoas que façam tecnologia, que façam inovação. Então, através de pequenas ações, eu vejo que a educação pode transformar essa questão da tecnologia”. 

A Unicentro também marcou presença na Educatech. A universidade foi representada pelos cursos de graduação, mestrado e doutorado em Geografia. Michel Seni, que é doutorando, explica que o trabalho desenvolvido e exposto durante toda a Jornada teve como objetivo o contato direto e simples com os estudantes. “A gente trouxe uma mostra dos materiais desenvolvidos no curso de geografia principalmente da licenciatura e com a intenção de deixar mais didático o ensino da geografia”.

Essa possibilidade de ter um contato com a universidade durante o período de colégio foi o que chamou a atenção da professora Glaciane Ramos dos Santos. A docente, que leciona em uma escola estadual do campo na cidade de Turvo, viu na atividade a oportunidade de apresentar aos alunos as possibilidades da graduação e da inovação. “Quando tem esse contanto da universidade com as escolas públicas, quando traz para o aluno um conhecimento das áreas desconhecidas para eles, quando eles encontram com a faculdade surgem novas oportunidades para eles escolherem suas futuras profissões”. 

A Inovatech também chamou a atenção dos estudantes. Julia Ribas de Oliveira, do sétimo ano, estava animada com a oportunidade de aprender fora de sala de aula. “Eu achei muito bom porque a gente nunca sai do colégio, é muito difícil. E participar de um negócio tão legal foi muito bom”, diz. Já a Maria Clara Kokurudza, também aluna do sétimo ano, adorou o estande da Unicentro. Para ela, foi uma oportunidade de saber mais sobre uma de suas matérias preferidas. “Eu achei muito interessante, porque mexe também com a parte que eu gosto bastante que é de planetas. E eu gosto muito da oportunidade de conhecer novas coisas”.

Participação da Unicentro na Educatech possibilita que estudantes conheçam melhor a universidade (Foto: Coorc)

A integração entre estudantes e professores, e entre escolas e universidades foi o destaque da Educatech para a professora Marquiana de Freitas Vilas Boas Gomes, do Departamento de Geografia da Unicentro. “A integração entre a universidade e a escola é fundamental, pois as duas instituições visam a produção de conhecimento sobre a realidade e a formação para a cidadania”. 

Ao visitar o estande da Unicentro, a aluna do sexto ano, Laiane de Moraes adorou as maquetes do sistema solar, de planícies e planaltos, e da cidade de Guarapuava. “Eu gostei bastante porque, em primeiro lugar, deve ter dado bastante trabalho para fazer. É muito lindo e ficou igualzinho, né?”.

Avatar

Deixe uma resposta