Proposta de doutorado em Química Aplicada da Unicentro é aprovada pela Capes

Proposta de doutorado em Química Aplicada da Unicentro é aprovada pela Capes

A pós-graduação da Unicentro tem motivos para comemorar. A partir do ano que vem, a nossa universidade ofertará um doutorado próprio em Química Aplicada. A aprovação pela Capes, a Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, segundo a professora Eryza de Castro, coordenadora do programa de pós-graduação na área, teve como um dos pontos motivadores para o parecer favorável a melhora do conceito do mestrado que, no ano passado, subiu de 3 para 4.

Até 2017, nosso mestrado era conceito 3 na Capes e, a partir de 2018, nós subimos o conceito para 4. Foi o que nos possibilitou fazer a solicitação do doutorado uma vez que o corpo docente e todo o programa, já consolidado, obteve uma produção significativa. Com essa elevação do conceito, nós fizemos a proposta que, para nossa alegria, foi aceita agora em 2019′, detalha a professora Eryza.

Até agora, a Unicentro ofertava um doutorado em Química em ampla associação com as universidades estaduais de Londrina, a UEL, e de Ponta Grossa, a UEPG. A associação, de acordo com a professora Eryza, também foi determinante para que o pedido de um doutorado próprio fosse atendido pela Capes. “A experiência de orientação de doutorado também foi determinante na proposta e que culminou com cada uma das três instituições que hoje têm o seu doutorado no individual e independente”.

O Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada tem como objetivo a preparação de profissionais para a carreira docente, para o desenvolvimento de pesquisas e para o exercício profissional na área de Química, por meio de atividades integradas de ensino, pesquisa e extensão. O doutorado contará com quatro linhas de pesquisa: Materiais Funcionais e Aplicações; Análise de Traços, Metodologias Analíticas e Aplicações; Eletroquímica, Interfaces e Aplicações; e Química Aplicada a produtos Naturais. As atividades do doutorado próprio devem iniciar já no ano que vem, com a oferta de 18 vagas destinadas a mestres em Química ou áreas afins. “Para concorrer às vagas do doutorado”, explica Eryza, “tem que ser mestre ou comprovar, a partir de declaração, que está terminando o mestrado e que tem data prevista para defesa até fevereiro do ano que vem”.

A professora Eryza ainda destaca que as atividades do doutorado associado devem continuar até o que último aluno matriculado na associação faça a defesa da sua tese. Para ela, a aprovação de um doutorado próprio representa um importante crescimento para a universidade e também para a região. “Agora, com a aprovação do nosso doutorado, nós temos aí um novo caminho pela frente. Agora nosso curso de Química tem todos os níveis de formação na instituição. Então, desde a graduação, mestrado e doutorado aqui na própria instituição e isso é muito importante para a Química aqui da Unicentro, quanto para a região, já que a gente tem a formação de profissionais altamente qualificados em todos os níveis para suprir a demanda da região”.

Para o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Unicentro, professor Marcos Ventura Faria, a aprovação de um doutorado próprio em Química Aplicada é um importante avanço para a pós-graduação da universidade. “Representa a continuidade desse grande projeto da pós-graduação, da verticalização da Unicentro, porque os doutorados vêm como uma complementação do que já existe, os mestrados, que passam para um nível de maturidade maior. Então, isso proporciona a criação da proposta de doutorado que seria um nível subsequente com maior qualidade”, avalia.

De acordo com o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, o estado encerra o ano de 2019 com 93 doutorado aprovados. Outras propostas também estão em análise e podem ter deliberação favorável no próximo ano, o que deve contribuir para a efetivação do planejamento da Seti que é ter, no ano de 2020, acima de 100 doutorados no sistema estadual de educação superior. “A aprovação de um programa de doutorado é demonstração do grau de maturidade acadêmica daquela área que aprova. Então, é a nossa Unicentro avançando cada vez mais e contribuindo, com isso, para que o estado do Paraná avance nesse processo de tornar-se um estado referência em formação de pessoas, em desenvolvimento regional e contribuindo para o propósito do nosso governo que é ter o Paraná como o estado mais moderno e inovador do país”.

Os interessados em participar do processo de seleção têm até o dia 11 de dezembro para se inscreverem na secretaria do Programa de Pós-Graduação em Química ou pelos Correios, com postagem até o dia seis de dezembro. O edital completo e outras informações estão disponíveis na página do programa.

Avatar

Deixe uma resposta