Testes rápidos de detecção do HIV serão realizados nessa sexta, 29, no campus de Irati

Testes rápidos de detecção do HIV serão realizados nessa sexta, 29, no campus de Irati

Um dia de conscientização e de combate às infecções sexualmente transmissíveis, conhecidas como ISTs. Essa é a proposta da Clínica Escola de Psicologia do campus Irati para essa sexta-feira, dia vinte-e-nove de novembro, com a realização de testes rápidos para a detecção de algumas ISTs. Depois de 20 minutos da coleta do sangue, através de uma picada no dedo, sai o resultado que indica a presença – ou não – do HIV, Sífilis, Hepatite B e Hepatite C. Essa testagem tem como público-alvo os estudantes e demais membros da comunidade acadêmica e é realizada pelos alunos que estão cumprindo o estágio do curso de Psicologia no Centro de Testagem e Aconselhamento da Secretaria Municipal de Saúde de Irati. “São serviços que já são ofertados e os nossos alunos participam das ações, ou tentando ampliar essas ações ou disseminar elas ainda mais e aprendendo como participar da prática”, explica o professor Gustavo Zambenedetti, que é coordenador de estágio e da ação. 

As ISTs podem ser transmitidas nas relações sexuais sem o uso de preservativo e, também, pelo compartilhamento ou utilização de agulhas e outros objetos cortantes que não foram esterilizados, como lâminas de barbear, alicates de cutícula e aparelhos de tatuagem e de colocação de piercings. O professor Gustavo chama a atenção para os dados do Boletim Epidemiológico Nacional de 2018, produzido pelo Ministério da Saúde. “É uma tendência que a gente tem nos últimos anos, tem sido um aumento no público jovem, principalmente homens jovens na faixa dos 18 aos 21 anos, é uma faixa que teve uma ampliação da epidemia”. 

Além dos testes, nessa sexta, os estudantes de Psicologia também farão intervenções em dependências do campus, como em frente ao Restaurante Universitário, para chamar o público. Essa abordagem contará com jogos interativos e ações de prevenção e aconselhamento, visando estimular o debate sobre o tema pela comunidade universitária. A testagem será oferecida gratuitamente das oito e meia da manhã até as quatro da tarde, na Clínica Escola de Psicologia do Campus Irati da Unicentro. “É importante dizer também que é um serviço que trabalha com o princípio do sigilo das informações. Então, as pessoas podem ficar também a vontade nesse sentido, de ter segurança que a informação é sigilosa”, ressalta o professor Gustavo.

Avatar

Deixe uma resposta