Cedoc e Arquivo Histórico estão atendendo nesse mês de janeiro

Cedoc e Arquivo Histórico estão atendendo nesse mês de janeiro

O Arquivo Histórico de Guarapuava e o Centro de Documentação e Memória da Unicentro guardam documentos que contam várias faces da história de Guarapuava. O acervo conta com materiais dos séculos XIX e XX, que estão disponíveis para a comunidade. A demanda pelo arquivo é tanta que a universidade, como conta a diretora do Cedoc, professora Terezinha Saldanha, decidiu por manter o local de portas abertas durante o mês de janeiro, durante o período de recesso acadêmico e administrativo na instituição. “Vamos ficar abertos em janeiro porque tem muita pesquisa de mestrandos e de doutorandos que vem de fora – não só de Guarapuava, mas de fora. A gente recebe esses pesquisadores que têm interesse nos nossos documentos que estão ali”.

No acervo, é possível encontrar documentos de diversos períodos, que podem contribuir com a pesquisa em diversas áreas do conhecimento, como a história e a comunicação. “Pela documentação que nós temos ali, você pode fazer qualquer tipo de pesquisa. Nós temos tanto documentos de Guarapuava, como documentos do estado, fora do estado e internacionais – processos crimes, processos cíveis, jornais, arquivos particulares, fotográficos. Todos esses tipos de documento estão disponíveis para todos os pesquisadores. O acesso é só marcar hora, chegar lá, dar uma olhada nos nossos catálogos e pode pegar o documento que quiser, pode fotografar ou podemos digitalizar, se tivemos tempo”, explica Terezinha.

Para ter acesso aos documentos, o pesquisador precisa agendar a visita pelos números 3621-1320 e 99964-6626.

Avatar

Deixe uma resposta