Unicentro obtém autorização para a contratação de 58 professores temporários

Unicentro obtém autorização para a contratação de 58 professores temporários

A angústia tem sido um sentimento comum nesses tempos de incertezas provocadas pela pandemia do convid-19. Mas para um grupo de 32 professores da Unicentro, essa inquietação tinha um agravante: a proximidade do término de seus contratos temporários de trabalho com a universidade. Mas, desde a última segunda-feira, 23 de março, esse problema foi resolvido. Isso porque a instituição publicou o Edital 9/2020, que estabelece os prazos e os parâmetros para a contratação – mesmo com as atividades presenciais suspensas, assim como o trânsito de pessoas pela universidade – de 58 docentes colaboradores.

“Embora a realização dessas contratações seja necessária, é importante tomarmos todos os cuidados de prevenção em relação ao covid-19. Nesse sentido, excepcionalmente num formato diferenciado, esse Edital número 9 está prevendo toda a troca de documentação, todo o fluxo de entrega de documentos por meio eletrônico. O edital está regrando as datas e procedimentos para tanto. Os candidatos deverão postar todos os documentos – sejam os exames médicos, bem como os demais documentos pessoais que são exigidos por meio do edital -, deverão postar toda essa documentação por e-mail. O contrato, de igual forma, será enviado ao candidato por meio eletrônico. O candidato deverá, por fim, imprimir o contrato, assiná-lo e devolver eletronicamente para a universidade. No momento oportuno, após superarmos essa fase de pandemia que estamos vivenciando, os candidatos serão convocados a entregar a documentação física”, detalha o pró-reitor de Recursos Humanos da Unicentro, Robson Ferrás.

A contratação desses professores só foi autorizada pelo governo do estado na sexta-feira passada, dia 20, e é resultado do trabalho de convencimento da necessidade de sua efetivação. Argumentação e negociação que foram lideradas pela reitoria da Unicentro. “Nós estamos em um momento bastante difícil para o nosso país, que é esse momento de pandemia, e seria muito difícil, no nosso caso, encerrarmos o contrato de professores que já atuam na nossa universidade e que, a partir de abril, estariam neste caso sem os seus contratos, sem os seus rendimentos. Então, em função disso, nós conversamos junto a Seti sobre a possível contratação desses docentes, haja vista que eles têm sim muitas atividades para desenvolver durante esse período em que as aulas presenciais estão suspensas. Então, com o apoio das nossa Superintendência, nós tivermos a autorização”, conta o reitor Fábio Hernandes.

O Edital 9/2020 prevê a contratação de 58 professores colaboradores, todos aprovados em testes seletivos realizados no ano de 2019 e que aguardavam convocação. Desses, 26 são novos contratos e outros 32 são renovações, professores que já atuam na instituição como colaboradores e voltaram a ser aprovados em teste seletivo. Um deles é o Maicon Souza, do curso de Publicidade e Propaganda. Seu contrato terminaria em quatro de abril e ele estava preocupado com as consequências da interrupção, como as orientações de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) que seguem sendo feitas a distância. Agora, com a publicação da convocação, ele respira aliviado. “Eu já providenciei toda a documentação necessária, que são os diplomas de graduação, mestrado doutorado, exames de sangue, laudo do otorrino, do oftalmo, raio-x. Então, esses exames eu já providenciei todos e, em breve, estarei encaminhando para a universidade. Com relação a essa notícia da autorização da contratação, eu percebo, claramente, que isso foi um esforço da universidade junto ao governo, porque veja a gente está vivendo um momento de uma situação muito adversa”.

O pró-reitor de Recursos Humanos ressalta que o Edital 9/2020 trata do cronograma e dos procedimentos de contratação. Porém, os documentos exigidos estão listados em edital anterior, o de número 7/2020. “Em relação aos prazos, destacamos que todos aqueles candidatos que entregarem seus exames e documentos na forma estabelecida pelo edital até a data de seis de abril, terão os contratos assinados ainda este mês, a partir de oito de abril”, finaliza Robson.

Avatar

Deixe uma resposta