1. Encontro Estadual de Docência Universitária é realizado na Unicentro

1. Encontro Estadual de Docência Universitária é realizado na Unicentro

Criar espaços para o debate sobre a formação de professores de ensino superior. Esse foi o objetivo do 1. Encontro Estadual de Docência Universitária, promovido pela Unicentro em parceria com as universidades estaduais de Ponta Grossa, a UEPG, e de Londrina, a UEL. Segundo a coordenadora geral do evento, professora Wanda Pacheco dos Santos, as três se uniram por conta de possuírem programas institucionais de formação continuada de professores universitários. “Levantamos essa possibilidade de realizarmos esse encontro com o objetivo até de saber o que as outras universidades, que não tem programas institucionais, o que elas estão fazendo com relação a formação continuada de seus professores”, explica.

O Encontro de Docência Universitária contou com a participação de representantes das sete universidades estaduais paranaenses. Na programação, palestras e rodas de conversa, justamente, para privilegiar o debate. Formato que, de acordo com a pró-reitora de ensino da Universidade Estadual de Maringá, professora Leila da Costa, obriga a todos a pensar o ensino em nível superior. “A docência no ensino superior é algo pouco discutido. Subtende-se que um professor universitário já carregue toda essa habilidade ou toda essa formação para a docência. Na verdade, o professor de ensino superior tem suas atividades divididas entre ensino, pesquisa e extensão. Por vezes, nos casos das universidades públicas, professor fica muito envolvido com a pesquisa ou com projetos de extensão e o ensino é um dos tripés da universidade que, infelizmente, tem pouca valorização”, avalia Leila. 

Um dos palestrantes foi o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Bon (Foto: Coorc)

O reitor da Unicentro, professor Osmar Ambrósio de Souza, participou das discussões e também defende a centralidade do ensino no dia a dia da universidade. “Aessência do ensino universitário está em uma boa formação docente. O professor de ensino superior – não basta para o sistema -, ele ter um conhecimento da matéria, um conhecimento forte do conteúdo da área em que ele está atuando. Ele tem que ter o conhecimento das técnicas, das habilidades, para exercer muito bem o papel de professor”. 

As discussões do encontro tiveram inicio com a palestra “Formação para a docência universitária: um desafio para as instituições de ensino superior”, ministrada pelo superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, professor Aldo Nelson Bona.“Estamos enfrentando, pontualmente agora, a questão da evasão e a questão da formação docente. Este primeiro evento de formação de docente universitário, integrando as setes universidades, trabalhando com o compartilhamento de experiências, sem dúvida nenhuma pode fazer com que a gente consiga aperfeiçoar e melhorar cada vez mais o ensino na universidade, melhorar o fazer universitário como um todo”, defende Bona.

Avatar

Deixe uma resposta