Três trabalhos da Unicentro concorrem, nessa semana, à fase nacional do Expocom

Três trabalhos da Unicentro concorrem, nessa semana, à fase nacional do Expocom

Os trabalhos feitos por alunos da Unicentro seguem sendo reconhecidos pelo país. os acadêmicos do curso de jornalismo, mais um vez, tiveram seus esforços recompensados ao vencer a etapa da região sul do Expocom, prêmio que faz parte do congresso da Intercom, que é a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. No total, foram três trabalhos que conseguiram o primeiro lugar. Além disso, outros onze produtos jornalísticos da Unicentro foram um dos cinco finalistas numa das 70 categorias do Expocom, o que também os coloca entre os melhores da região, uma vez que deixaram pelo caminho diversos concorrentes de outras universidades que também oferecem cursos de comunicação.

Um dos produtos vencedores foi o “Clube Agro: o campo na palma da mão”, um aplicativo de notícias pensado para o mercado do agronegócio. A acadêmica Renatha Giordanni faz parte do grupo que desenvolveu o Clube Agro. Ela se diz satisfeita em vencer a concorrência na categoria “Comunicação e inovação” e não esquece das colegas que fizeram parte do grupo – Paula Claro e Priscila Pollon. “Mais do que a felicidade, a satisfação de ter ganho um prêmio que foi super concorrido, nós concorremos com o sul inteiro, é o reconhecimento. Eu acho que essa é a palavra fundamental. Nós termos o reconhecimento tão bacana para um trabalho que foi tão árduo”.

Paula, Priscila e Renatha foram premiados pelo Clube Agro

A professora Renata Callefi foi a orientadora da equipe por trás do Clube Agro. além de não esconder a alegria com a vitória, ela acredita que o prêmio mostra que o que acontece na sala de aula rende frutos do lado de fora. “É muito gratificante ver alunos ganhando prêmios e você ser parte disso. Então, eu fiquei muito feliz, fiquei muito orgulhosa com as meninas, porque eu me senti parte daquilo que elas estavam vivenciando”.

Outro trabalho que conseguiu o primeiro lugar foi o “Temamían”, na categoria “Roteiro de games”. Laura Rodrigues, aluna que faz parte da equipe vencedora, explica que o jogo idealizado por elas trabalha conceitos relacionados ao povo tupi-guarani, fugindo da visão eurocentrista. O roteiro de jogo premiado é voltado ao público do ensino fundamental. Para ela, vencer o Expocom Sul faz valer a pena todo o esforço empenhado na criação do produto. “São muitas horas de leitura, de entrevistas, de pesquisas. Tudo para que a gente consiga atingir nosso público-alvo para que ele possa utilizar da melhor maneira aquele produto. Então, quando você vence alguma coisa significa reconhecimento, que aquele produto tem alguma relevância, principalmente essa relevância social que a gente quis desde o começo”.

A orientadora do jogo premiado, professora Éverly Pegoraro, diz que a vitória é especial porque mostra a superação dos alunos. “Isso é muito gratificante. Mostra que o que gente faz aqui, apesar de todas nossas limitações de uma universidade pública, a gente consegue desenvolver bons trabalhos e que são reconhecidos entre as outras instituições que participam do Expocom”.

O terceiro troféu do Expocom Sul foi para toda a turma do quarto ano do curso de Jornalismo. Os estudantes concorreram na categoria “Produção laboratorial em video e telejornalismo” com o telejornal-laboratório “Expresso TV”. um dos alunos da turma, Matheus Buongermino, cita a dedicação de todos durante todo o ano de 2018, período que o jornal foi desenvolvido e foi ao ar, como essencial para a vitória. “Ter ganho o expocom, mesmo entre tantas e tantas faculdades, universidades de renome, com muito mais recursos que nós, é sinal que a gente conseguiu se destacar. Isso é uma alegria gigantesca para nós”.

Estudantes comemoram a premiação por Roteiro de Games

A professora responsável pelo Expresso TV foi Ariane Pereira. Ela lembra que a vitória veio 10 anos depois da última conquista da Unicentro nessa categoria, que é uma das mais concorridas do Expocom. A produção da Unicentro, dessa maneira, deixou para traz candidatos muitos fortes. Agora, o objetivo é a etapa nacional. “Para a gente, que disputou a região sul, o Expocom Sul, ganhar no regional é praticamente uma vitória no nacional. Porque a gente disputa com telejornais de três estados que têm muitos cursos de Jornalismo e que concorrem muito nessa categoria. Então, para a gente, chegar ao primeiro lugar no sul, significa que o telejornal já foi considerado melhor que muitos outros”.

Os três trabalhos serão apresentados, essa semana, na fase nacional do Expocom. nessa etapa, eles concorreram com os vencedores dos outros quatro regionais – centro-oeste, nordeste, norte e sudeste. Os finalistas voltam a ser avaliados por um júri virtual e outro presencial. O Intercom teve início nessa segunda, 2, e premiação do Expocom está marcada para as 12h de sábado, 7, na Universidade Federal do Pará, sede do congresso desse ano.

Avatar

Deixe uma resposta