Unicentro inaugura complexo de laboratórios multi-usuários no campus Irati

Unicentro inaugura complexo de laboratórios multi-usuários no campus Irati

Junho foi o mês de aniversário da Unicentro. E as novidades na instituição de ensino não ficaram apenas na mudança de idade. Uma das coisas novas da universidade é o BIO 3, que é o Centro Integrado de Pesquisas de Biomassa, Biotecnologia e Bioenergia. Ele fica no campus Irati e tem uma área total de 750 metros quadrados com diversos laboratórios interligados. Contando com equipamentos de médio e grande porte, esse espaço será utilizado para o desenvolvimento de estudos sobre energia renovável.

O coordenador do projeto de construção do BIO 3 foi o professor Eduardo da Silva Lopes, que também é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais da Unicentro. Ele explicou que a instalação de um centro de pesquisas com esse tipo de especialidades foi pensado a partir do cenário industrial madeireiro da região. A partir do momento que você tem, na região, resíduos das indústrias madeireiras, você tem espécies florestais com potencial energético, resíduos da colheita da madeira, enfim, uma série de produtos que, muitas vezes, é desperdiçada e que você pode transformá-la, inclusive com a questão da peletização, agregando energia nesse material”.

Convênios para repasse de recursos também foram assinados (Foto: Coorc)

A peletização, citada pelo professor, é o aproveitamento energético de resíduos de madeira, como serragem, cascas e feno, para a produção de pellets. Eles são combustíveis que podem ser utilizados em aquecedores, caldeiras e fornalhas, tanto de residências, como de comércios e indústrias. O diretor do campus Irati da Unicentro, professor Afonso Figueiredo Filho, acredita que esse tipo de produção energética desenvolvido pela universidade, pode aproximar ainda mais a Unicentro da comunidade. A biomassa de vegetação sempre está à tona como uma alternativa para produzir energia de um recurso renovável, no caso das florestas. E as pesquisas buscam aproximar a universidade das empresas mas também de pequenas associações, de cooperativas. Então, nos laboratórios nós desenvolveremos pesquisas e muitas dessas pesquisas serão aplicadas e trarão o desenvolvimento da extensão”.

O reitor da Unicentro, professor Osmar Ambrósio de Souza, esteve presente na inauguração desse complexo de laboratórios do campus Irati, e também destacou os vínculos que a universidade poderá fazer a partir do BIO 3. “Parceria com agricultura, parceria com a iniciativa privada, parceria com a indústria, parceria com as associações comerciais. Então, a Unicentro está aberta a essas parcerias. A todo instante nós estamos dialogando e buscando um novo perfil de universidade, uma universidade mais ativa, mais participativa e mais colaborativa com a sociedade”.

O professor Eduardo, que coordenou o projeto de construção do BIO 3, salientou que o espaço é de caráter multiusuário. Isso significa que ele pode ser utilizado por qualquer pessoa, que tenha ou não vínculo com a Unicentro, para desenvolver pesquisas em Biomassa, Biotecnologia e Bioenergia. “O centro de pesquisas, com certeza, vai contribuir para os alunos tanto de graduação, principalmente aqueles que estão vinculados diretamente à pesquisa, mas também aos estudantes de mestrado e doutorado que vão poder desenvolver pesquisas, principalmente pesquisas aplicadas. A ideia é desenvolver pesquisas que possam gerar resultados, produtos, tecnologias para a sociedade. É um prédio que toda a comunidade vai poder usar e levar essas tecnologias, disponibilizar isso também para outros pesquisadores e empresas que puderem vir e participar conosco”.

A cerimônia de inauguração do BIO 3 também contou com a presença do superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona. Na ocasião, ele aproveitou para entregar outros dois presentes para a Unicentro. Bona disponibilizou recursos para duas obras no campus Irati – a finalização do ginásio de esportes e a reforma do telhado da capela.

“Os 500 mil reais disponibilizados via emenda orçamentária são um presente da atuação parlamentar do deputado federal Sandro Alex, que é um grande parceiro, um grande padrinho do campus Irati da Unicentro, com o apoio e a viabilização de recursos para muitas das principais obras que estão acontecendo atualmente na universidade. E os 325 mil reais são um esforço do governo do estado, por orientação do nosso governador Carlos Massa Ratinho Jr, para que a gente pudesse atender, com a Superintendência de Ciência e Tecnologia, essa demanda de preservação de um patrimônio histórico, que é o prédio antigo da nossa Unicentro aqui em Irati”, afirma.

Avatar

Deixe uma resposta