Quinta Nobre festeja aniversário da Unicentro

Quinta Nobre festeja aniversário da Unicentro

A Universidade Estadual do Centro-Oeste completa, em 2019, 29 anos. E para comemorar, a Diretoria de Cultura da Unicentro promoveu uma edição especial da Quinta Nobre. No palco, artistas Pratas da Casa, como foi chamada a noite musical – acadêmicos, professores e funcionários. Para a organizadora do evento, Elizabete Lustoza, é essencial comemorar o aniversário da universidade. “É gratificante os 29 anos da Unicentro, porque a gente tentou ver a possibilidade de mostrar o trabalho de quem, de repente, não está sempre nos palcos, ou seja, canta porque gosta, toca porque gosta, mas que não está profissionalmente assim, no meio artístico”.

A Quinta Nobre foi realizada no Auditório Francisco Contini e contou com 12 apresentações. A primeira interpretação ficou a cargo dos alunos e do professor da oficina de violão da Unicentro, Fábio Corrêa. “Para mim, é uma satisfação, ainda mais podendo trazer os alunos do curso junto, pra comemorar essa festa”.

Participantes das oficinas culturais de música também subiram ao palco (Foto: Coorc)

Leonardo Stefaniak é acadêmico de História no campus Irati e subiu ao palco com o estudante de Publicidade e Propaganda Vinícius Pereira. “É a primeira vez que venho para cá sem ser em um festival, sem ser no Fuca, ainda mais tocando com um grande amigo meu. Ver tantos músicos bacanas tocando e performando foi bem legal”.

Nilton korobinski, acadêmico do curso de arte, decidiu trazer algo diferente e, por isso, interpretou Rondo Alla Turca, do compositor austríaco Mozart. Além de música clássica teve rock. A aluna da oficina de técnica vocal do projeto Unimúsica Fabiana Fajardo interpretou Still Loving You, da banda Scorpions. Só que na versão dela, o único instrumento é um piano. “Eu não tenho muita experiência com palco. Então, a gente fica bem nervosa. Tem que domar o medo do público, o nervosismo, mas no fim deu tudo certo”.

Avatar

Deixe uma resposta