Clínica Escola de Fonoaudiologia alerta sobre cuidados com a voz em ação no centro de Irati

Clínica Escola de Fonoaudiologia alerta sobre cuidados com a voz em ação no centro de Irati

O ditado popular ensina: é melhor prevenir, do que remediar. E foi pensando no bem-estar da comunidade que o curso de Fonoaudiologia da Unicentro orientou a população iratiense sobre a importância de ter cuidados com o uso da voz. A campanha, parte da programação do Dia Mundial da Voz, foi realizada no centro de Irati, e teve música ao vivo e distribuição de água e maçãs, enquanto as alunas do curso conversavam com as pessoas sobre hábitos saudáveis para a voz.

As acadêmicas de Fonoaudiologia, como a Eduarda Cordiak, também alertaram sobre possíveis problemas vocais.  “Os pacientes chegam a Clínica, normalmente, com queixas de rouquidão há mais de 15 dias, na dicção da voz, falhas na voz, e muitas vezes também o problema na voz é relacionada à audição da pessoa”, explica.

Desde 2005, quando foi instalada, a Clínica de Fonoaudiologia da Unicentro já realizou mais de 60 mil atendimentos à comunidade de Irati e região. De acordo com a professora Ana Paula Dassie-Leite, a ação de conscientização também serve para divulgar os serviços de atendimento da Clínica. “Muitas vezes, as pessoas não conhecem a Clínica Escola, não sabem o funcionamento, não sabem todas as possibilidades que elas têm de atendimento gratuito, de qualidade. Então, a campanha da voz vir ao centro da cidade, a locais públicos é uma excelente oportunidade para a gente ir até a comunidade, para dizer o que a gente faz e, principalmente, para a gente fornecer informações importantes sobre a saúde da voz”.

Na ocasião, as professoras também realizaram a triagem da voz – um teste rápido, mas que pode detectar sinais de possíveis ruídos na fala. As recomendações do curso de Fonoaudiologia da Unicentro chamaram a atenção dos moradores de Irati e, em especial, de quem faz da voz o seu instrumento de trabalho, como a radialista Mariléia Padilha. “Quando você está indo para o seu trabalho, você que trabalha com a voz, vai fazendo aquela brincadeira de criança de motorzinho de carro, “brrrr”. Isso é maravilhoso para a voz, deixa a voz aquecida”.

Triagens são exames rápidos que podem revelar problemas vocais (Foto: Coorc)

Além desse ação no centro da cidade, as professoras do curso de Fonoaudiologia programaram uma segunda atividade, dentro do campus, com os participantes do projeto Canta Aí. “Faremos orientações para os alunos que cantam e aquecimento vocal, ensinando essas pessoas sobre como aquecer a sua voz para prevenir lesões”, explica a coordenadora da ação e professora de Fonoaudiologia da Unicentro, Eliane Cristina Pereira.

Qualquer pessoa pode procurar a Clínica Escola de Fonoaudiologia para avaliação ou tratamento. Além disso, a Clínica também recebe encaminhamentos de pacientes pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde e pelos órgãos de Saúde da região. E, nesse ano, a Clínica também está atendendo pelo SUS, que é o Sistema Único de Saúde.

Avatar

Deixe uma resposta