Estudantes de Jornalismo da Unicentro participam de oficina do Profissão Repórter

Estudantes de Jornalismo da Unicentro participam de oficina do Profissão Repórter

Alunos do curso de Jornalismo da Unicentro participaram da Oficina Globo LAB –  Profissão Repórter, realizada na Universidade Estadual de Maringá. O projeto é uma das iniciativas do Globo Lab, projeto criado pela Globo Universidade há três anos, que tem como objetivo alcançar alunos e profissionais em diversas partes do país, buscando mapear, identificar e valorizar jovens criativos e ideias inovadoras.

Segundo editor executivo do Profissão Repórter, Caio Cavechini, na primeira etapa são realizadas palestras em universidades do país, nunca repetindo a mesma cidade. Os estudantes que participam, ao fim, são desafiados a produzir reportagens e enviá-las para a produção do programa. As dez melhores serão contempladas com uma semana de imersão na redação do Profissão Repórter, acompanhando a rotina diária do jornalista Caco Barcellos e de sua equipe. “A gente espera servir como inspiração e referência para que todo mundo que queira contar histórias, vá em busca de histórias bacanas e encontre seu caminho na reportagem. A gente nunca vem com o intuito de ensinar, mas de inspirar as pessoas a seguirem seus caminhos”, comenta o editor.

O jornalista Caio Cavechini foi um dos participantes (Foto: arquivo pessoal)

Nas palestras pelo país, a equipe relata a rotina de trabalho no programa e os desafios das produções jornalísticas para televisão. Há 12 no ar, o Profissão Repórter se tornou referência para o público universitário. Eliane Scardovelli, repórter do programa há 10 anos, revela que a cada palestra realizada, sempre buscam por talentos das universidades, dando oportunidade para produções com uma abordagem diferente e inovadora do jornalismo. “As pessoas que passam pelo Globo Lab acabam sendo, de uma certa maneira, correspondentes nesses lugares. A gente está sempre trocando ideia com essas pessoas”.

Para responsável pelo projeto Globo Universidade, Milana Bernatt, as visitam estimulam os jovens a produzirem material e mostrarem o que a universidade tem a oferecer ao mercado. “Vamos passar por vários locais em todo o Brasil, para reunir jovens que trabalham com comunicação. Nossa expectativa é receber mais de 200 trabalhos” afirma.

Os alunos de Jornalismo da Unicentro que participaram da oficina em Maringá estão animados com o convite a enviar as produções e com a possibilidade de conhecer a redação do Profissão Repórter. “Ter contato com a equipe do Profissão Repórter é algo excepcional, porque mostra os bastidores de como são produzidos os programas. Eu, particularmente, voltei bem motivado para produzir o material”, conta o estudante do último ano de Jornalismo, Geziel Thomas.

Avatar

Deixe uma resposta