Jornalistas e estudantes recebem prêmio por cobertura do WinterShow 2018

Jornalistas e estudantes recebem prêmio por cobertura do WinterShow 2018

Os profissionais da imprensa, anualmente, têm a oportunidade de participar do Prêmio Franz Jaster de Comunicação, promovido pela Cooperativa Agrária Agroindustrial, com realização da Unicentro. A premiação tem como objetivo destacar os trabalhos jornalísticos sobre a temática central do Wintershow, que é a excelência na produção de cereais de inverno e, também, as pesquisas relacionadas ao tema e apresentadas no evento.

É um reconhecimento ao bom jornalismo e é um reconhecimento a um jornalismo que tem um lado mais técnico, que trata muito mais do que nós fazemos na pesquisa e a forma como isso é levado para o campo através dos nossos técnicos da assistência técnica”, detalha o presidente da Agrária Jorge Karl.

Neste ano, o prêmio teve recorde de trabalhos inscritos. Foram 40 no total. Além do grande número de concorrentes em todas as categorias, a qualidade dos materiais produzidos também chamou a atenção dos organizadores e da Cooperativa Agrária. “É uma satisfação muito grande nós percebermos ano a ano que, cada vez mais, o nível está melhorando, o número de pessoas participando aumentando. Por esse motivo, a gente faz esse evento anualmente também como um incentivo”, afirma Jorge.

Os vencedores dessa edição foram conhecidos em uma cerimônia realizada no Centro Cultural Mathias Leh, na Colônia Vitória. O total da premiação dos três primeiros colocados em cada uma das cinco categorias somou 5 mil. Além do cheque, os primeiros colocados também levaram para casa o troféu Franz Jaster 2018. Na categoria Fotografia, o vencedor foi o jornalista Kleber Fernandes, do site Na Hora Notícias Guarapuava. A reportagem inscrita tem como título “WinterShow: o maior evento técnico-científico do país começou hoje”. Ele também garantiu o terceiro lugar na categoria Reportagem Radiofônica.

É uma forma da gente valorização do nosso trabalho. Esse ano com duas conquistas, um primeiro lugar em uma categoria diferente do ano passado, que foi a Fotografia, um terceiro lugar também em rádio, outra categoria diferente do comum que eu trabalho. Então, eu me sinto feliz e foi muito importante para o meu trabalho essas duas conquistas hoje”, avalia Kleber.

Na categoria Jornalismo Impresso ou Online quem garantiu o primeiro lugar foi o jornalista Antonio Carlos Senkovski, do Boletim Informativo Sistema Faep/Senar-PR, com a reportagem “Cada trigo no seu quadrado”.  O jornalista também foi o primeiro colocado na categoria Reportagem Radiofônica, com a peça “Segregar trigo é tendência inevitável para cadeia avançar”.

Ganhadores do Franz Jaster desse ano (Foto: Márcio Nei dos Santos)

Já na categoria Material Televisivo, os primeiros colocados foram Ana Ligia Sena e Adriano Ferreira, da RIC TV Record, com a matéria “WinterShow: grande aliado dos agricultores que buscam produzir com eficiência e qualidade”. Desde o ano passado a categoria Universitários também ganhou espaço no prêmio Franz Jaster. A vencedora, em 2018, dessa categoria foi a estudante do terceiro ano de Jornalismo na Unicentro, Priscila Pollon, com “WinterShow em detalhes”. 

Alguns professores sempre dizem que jornalista tem que estar no campo de trabalho pegando sol, chuva, frio, calor e conhecendo novas pessoas. É isso que eu tentei trazer nas fotos com várias fontes e contar uma história. Eu acho muito importante esse incentivo que eles estão dando porque é uma abertura mesmo para os universitários, é um gás a mais que está dando para, lá no futuro, quando a gente for jornalista, ver que o mercado também valoriza a gente e isso é o mais legal”, diz Priscila.

O prêmio Fraz Jaster é um exemplo da união de sucesso entre a Unicentro e a Cooperativa Agrária. Parceria que tem trazido bons resultados para as duas instituições e, também, contribuído com a valorização da produção jornalística relacionada ao Wintershow, o principal evento de cereais de inverno do país. “Nós entendemos que tem trazido bons frutos para a Agrária – na perspectiva de que contribui com a divulgação do Wintershow, com a divulgação dos trabalhos de pesquisa da Fapa (Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária), com a divulgação do trabalho e do nome da Cooperativa Agrária – e com a Unicentro – na medida em que contribui também com a formação dos nossos estudantes, com a atuação e o papel da Universidade na interação com todos os setores da sociedade. Mas eu penso que traz também uma contribuição muito relevante para a qualificação cada vez maior da cobertura jornalística deste tipo de evento”, acredita o reitor da Unicentro, professor Aldo Nelson Bona.

O que a gente, com isso, pretende”, completa o presidente da Agrária, “é estimular, logicamente, a divulgação do nosso evento e, ao mesmo tempo, também estimular com que o jornalismo se aprofunde mais em termos técnicos, em detalhes técnicos, do que é, qual a importância da pesquisa e a importância que a pesquisa traz para a agricultura. Para nós, é uma satisfação. São duas instituições, Agrária e Unicentro, em que temos um perfeito ganha-ganha”.

Avatar

Deixe uma resposta