Patronatal é ação do projeto Patronato em comemoração ao fim de ano

Patronatal é ação do projeto Patronato em comemoração ao fim de ano

Reintegrar o egresso do sistema prisional e possibilitar um momento de lazer em família. Esse foi o objetivo maior do Patronatal. Os participantes, como o Jimmy Weslei, aprovaram a ação. “É mil grau! Na verdade, não tem explicação. Estar junto da família e poder participar, trazer o meu filho, que a maioria da vida dele eu não pude passar perto dele, e graças a Deus hoje eu estou junto”, afirma.

O Patronatal é uma iniciativa do Patronato, projeto de extensão da Unicentro que, segundo a coordenadora, professora Ana Amélia Nerone Araújo, reúne os participantes e as famílias deles em para uma tarde festiva e cultural. “Fazer esse resgate, fazendo essa integração familiar. Nós estamos na terceira edição, esse é um evento que comemora todas as atividades de 2018, e que visa trazer esse espírito de solidariedade e conexão familiar”.

No cardápio do dia, algodão doce, bolo e pipoca à vontade. A garotada, como a Laiana dos Santos, aproveitou para brincar e fazer novos amigos”Eu estou brincando. Eu já comi algodão doce e pipoca”, conta a menina.

Diversão que se estendeu para o palco. O grupo teatral Spatium atraiu a atenção das crianças. Alegria para elas e para o Conrado Lacerda, um dos atores. “O meu sentimento é de gratidão mesmo, porque o objetivo do Spatium é esse, levar cultura, e levar arte em todos os ambientes, para todas as pessoas”.

Um doce, um livro, um brinquedo ou material escolar. Além desses presentes, os familiares dos assistidos levaram para casa, muita esperança e alegria. Uma das assistidas do Patronato, Izabel Lino ficou contagiada pela energia da ação. “Uma coisa que eu não nunca tinha participado, e meus filhos também. Eu estou gostando, achei bom mesmo, é um lugar que pode trazer a família se divertir”.

Festa teve teatro e guloseimas (Foto: Márcio Nei dos Santos)

Ações como essa são realizadas através da união de vários parceiros da comunidade. Juntos, segundo uma das professoras envolvidas no Patronato, a advogada Stella Maris Nerone Lacerda, é possível completar o objetivo do Patronato: reinserir o assistido e possibilitar a resignificação de sua vida. “É o dia que nós trazemos a família, que oferecemos uma tarde de lazer, cultural, junto a sua família, porque nós precisamos dar suporte a essas pessoas que passam pelo Patronato”, finaliza.

Avatar

Deixe uma resposta