Novas ações aproximam Unicentro e Universidade Veracruzana

Novas ações aproximam Unicentro e Universidade Veracruzana

A internacionalização do conhecimento e a troca de experiências com universidades de outros países já é realidade aqui na Unicentro. Um bom exemplo disso é o convênio com a Universidade Veracruzana, do México. Desde abril de 2015, as duas instituições enviam e recebem alunos e professores. A mobilidade mais recente foi do professor Alberto Arriaga, do curso de Ciências Contábeis da universidade mexicana. Durante a estadia no docente na Unicentro, ele ministrou aulas, conversou com alunos e professores do Departamento de Ciências Contábeis e também com a administração da Universidade.

O período que esteve aqui propiciou o início das tratativas para que um acordo de cooperação científica seja firmado. “Nasce o interesse, principalmente, pela educação a distância e a intenção de criar um diploma conjunto e fortalecer a relação entre a Unicentro e a Universidade Veracruzana em Contabilidade. Isso pode fortalecer esses dois ambientes de aprendizagem”, explica Alberto Arriaga.

Departamento de Ciências Contábeis recebe professor Alberto Arriaga (Foto: Márcio Nei dos Santos)

A Universidade Veracruzana já enviou oito estudantes para a mobilidade acadêmica na Unicentro. E essa troca será facilitada a partir de agora. Isso porque foi criado, durante a estadia de Alberto Arraiga em Guarapuava, um grupo de pesquisa que reúne docentes das duas instituições. “Esses professores da Universidade Veracruzana são colaboradores nossos. Então, essa ideia de montar um curso de aperfeiçoamento, que una alunos do México e do Brasil, assim como professores do México e do Brasil”, conta a chefe do Departamento de Ciências Contábeis da Unicentro, professora Rita de Cássia Fonseca.

Essa aproximação já rendeu um curso online. A disciplina “Internacionalização e Sensibilização Cultural da Língua Portuguesa” tem 180 horas e seu objetivo é preparar os alunos do México que vão fazer intercâmbio na Unicentro. Segundo professora Rita, o convênio oferece oportunidades aos alunos e abre caminhos para novos projetos envolvendo as duas instituições. “Isso proporciona uma visão maior para os alunos do que é a internacionalização da universidade, o que eles podem fazer, quais as possibilidades que eles têm de sair do país pra estudar numa outra universidade. Então, o professor Alberto está trazendo para a gente uma grande oportunidade da gente participar desse projeto”.

E já tem gente preparada para ir ao México. A acadêmica do quarto ano de Contábeis Natalia Gotlieb sempre sonhou em conhecer outro país. Agora, ela passará dois meses em mobilidade internacional na Universidade Veracruzana. “Eu sempre quis fazer um intercâmbio desde a minha primeira graduação em Administração. O meu real interesse é o conhecimento de como a contabilidade é aplicada em outras áreas”, conta.

Avatar

Deixe uma resposta