Clínica Escola de Psicologia segue atendendo a comunidade

Clínica Escola de Psicologia segue atendendo a comunidade

Além de cuidar da saúde do corpo, precisamos também dar atenção à saúde da mente. Neste sentido, aClínica Escola de Psicologia da Unicentro oferece atendimentosgratuitosa todo o tipo de público, na faixa etária que vaidesde àprimeira infância até a velhice. Os atendimentos psicológicos são realizados de maneira individual ou em grupo, podendo ser presenciais, no Campus Irati,ouremotos.

“Neste momento, nós estamos desenvolvendo uma série de atividades que estão remotas também, continuando com o presencial, mas devido a todos os cuidados de aglomeração e tudo o mais, a gente também tem ofertado muitas coisas remotas, por internet ou por telefone, de modo que as pessoas tenham segurança em fazer seus atendimentos e possam fazê-lo em um local seguro, sigiloso, em que consigam se expressar”, explica a coordenadora da Clínica, professora Claudia Magnabosco Martins.

Clínica Escola de Psicologia funciona no campus de Irati

No caso de atendimentos presenciais, estudantes em estágio, professores supervisores e pacientes seguem todos os protocolos recomendados institucionalmente pela Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus. Além de atendimentos individuais, a Clínica Escola de Psicologia da Unicentro também oferece plantões psicológicos eatendimentos em gruposterapêuticos, que sãodirecionados apúblicos específicos, como descreve a estudante Moema Fiuza de Campos, que faz estágio na Clínica. “Atendendo gestantes ou puérperase também atendimentos específicos para pessoas que estão vivenciando algum processo de luto, que perderam algum familiar, alguma pessoa próxima, seja pela covid ou por outras questões”.

Outros grupos de terapia especializada ajudam os públicos mais diversos – trabalhadores, mães e pais, professores, adolescentesepessoas atuantes naassistência social. A Clínica de Psicologia também tem oferecido algumasoficinas, como as deelaboração de currículos e de entrevistasde emprego, direcionadas a quem está desempregado ou precisa de uma realocação profissional. Esses grupos estão acontecendo ao longo deste mês demaio e são terapias de duração mais curta do que os acompanhamentos convencionais. Todos esses serviços foram reunidos em uma cartilha que sistematiza informações e contatos de cada tipo de atendimento. As práticas são conduzidas pelos próprios estudantes de Psicologia da Unicentro, com supervisão de docentes da universidade. Mas este não é o primeiro contato dos alunos com a prática.

Segundo a chefe do Departamento de Psicologia da Unicentro, professora Verônica Suzuki Kemmelmeier, os acadêmicos são preparados desde o primeiro ano do curso para a atuação clínica. “Os estágios de Psicologia são configurados em estágios básicos e profissionalizantes. No primeiro ano, eles têm umestágio que é mais de observação, de entendimento de quais são as áreas da Psicologia e como os profissionais de diversas áreas trabalham. Os alunos de terceiro e quarto ano já tem uma carga de intervenção um pouco maior, que envolve atividades e planejamento de grupos ou intervenções nas escolas, instituições de saúde ou na própria Clínica Escola. O estágio de quinto anotem uma duração grande e intensa e é o momento de, realmente, os alunos tentarem localizar questões teóricas, articular com a prática efazer uma reflexão”.

Atendimentos são feitos por estudantes com a supervisão de professores

As atividades desenvolvidasno contexto clínico de Psicologia da Unicentro são orientadas a partir detrês referenciaisteóricos possíveis – a análise do comportamento, a psicanálise eapsicologia cognitivo-comportamental. Esta última linha foi a escolhida pela estudante Diana Frighetto para embasaratendimentos individuais e onlinesao público jovem, com idade entre15 e 24 anos. “As atividades realizadas nesses campos de estágio, assim como as realizadas na Clínica Escola de Psicologia, permitem a nós, na condição depsicólogos e psicólogas em formação, o desenvolvimento de habilidades e competências fundamentais para a nossa construção enquanto profissionais. No caso da Clínica Escola, se torna evidente a dupla dimensão que ela possui, tanto como espaço de formação para nós acadêmicos como também um espaço de atenção, de acolhimento e cuidado à saúde mental para as pessoas da comunidade que utilizam os serviços ofertados através dela”, avalia.

Para agendar atendimentos psicológicos individuais ou participar de grupos terapêuticos, as pessoas da comunidade de Irati e região podem entrar em contato pelos telefones da Clínica Escola de Psicologia da Unicentro, que são (42) 3421-3224 e (42) 99128-9980. Repetindo: (42) 3421-3224 e (42) 99128-9980.“Trabalhar questões em saúde mental é atuar na condição que o sujeito recupere ou, pelo menos, conheça ou desenvolva recursos internos que ele possui para lidar com situações que vão acontecendo, que precisam ser enfrentadas, precisam ser lidadas para que ele tenha uma condição de autonomia em sua vida, uma condição de qualidade possível na sua vida diante de situações de sofrimento, de perdas, ou mesmo de situações de limite que todos nós possuímos”, finaliza Claudia.

Deixe uma resposta