Programa de Iniciação Científica está com inscrições abertas

Programa de Iniciação Científica está com inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o Programa Institucional de Iniciação Científica da Unicentro, o Proic. O principal objetivo do Programa é inciar estudantes de graduação no âmbito da pesquisa acadêmica, incentivando o pensamento crítico e a prática científica. Fazer iniciação científica permite, ainda, a troca de conhecimentos e o desenvolvimento de habilidades úteis para a carreira do estudante, como ressalta o diretor de Pesquisa da Unicentro, professor Luciano Farinha. “Além de ter toda uma responsabilidade de desenvolvimento de um projeto de pesquisa, possibilita a ele a convivência com jovens pesquisadores como ele, com pesquisadores pós-graduandos e um grupo de pesquisa com diversos professores associados. Muitas vezes possibilita uma abertura no mercado do trabalho, além de desenvolver o aspecto ligado à pesquisa científica, como também a escrita de um relatório, a apresentação do trabalho, ou seja, uma postura de como ele vai realizar esse trabalho”, explica.

O professor e o estudante interessados em desenvolver projetos de iniciação científica têm até o dia 10 de março para apresentarem suas propostas. O período de vigência da IC vai de primeiro de agosto de 2021 a 31 de julho de 2022. O aluno pode optar entre duas modalidades disponíveis – a voluntária e a remunerada. Cada orientador poderá inscrever até cinco estudantes, podendo indicar até dois estudantes para a modalidade remunerada.

No ano passado, o professor Plinio Marco de Toni orientou três estudantes do curso de Psicologia da Unicentro e conta algumas experiências valiosas para os alunos que fazem IC. “Aprender a fazer pesquisa te traz vários benefícios em termos de aprender a pensar de forma lógica no seu campo. Na medida em que você precisa criar um objetivo claro e que seja um recorte de uma literatura científica maior, você aprende a planejar e criar uma estratégia. O estudante, claro que isso também depende muito do orientador, vai aprender a fazer análise de dados – ou quantitativa ou qualitativa, com técnicas de análise de dados, que vão servir depois para a carreira dele com certeza. O aluno de IC precisa ler muito literatura científica – artigos e capítulos de livros da área. Então, por se ler muito daquele tipo de literatura, o aluno também aprende a escrever cientificamente, uma escrita acadêmica, que é muito específica”, diz Plinio.

Resultados da pesquisa são apresentados no Encontro Anual de Iniciação Científica (Foto: arquivo Coorc)

O professor orientador é o responsável por desenvolver o propor o projeto e plano de atividades da iniciação científica a ser desenvolvido pelo estudante. No momento da inscrição, o docente deve anexar esses documentos no Sistema de Gestão Universitária, através do site sguweb.unicentro.br, preenchendo todas as telas que compõem o processo e indicando os estudantes a serem orientados. Após a indicação, o estudante deve acessar o menu “Meu Perfil” no endereço sguweb.unicentro.br/sporientandos/login, preencher e salvar seus dados pessoais, incluindo também o código do Currículo Lattes e deixando em branco os dados bancários.É importante ressaltar que tanto o estudante quanto o professor precisam se comprometer com as responsabilidades da execução do projeto, seguindo o cronograma proposto, informando a Divisão de Iniciação Científica sobre possíveis alterações ou entraves, cumprindo os prazos de envio de relatórios e, ao final, apresentando o trabalho no Encontro Anual de Iniciação Científica.

O estudante de Psicologia Breno Rodrigues, que foi orientado pelo professor Plinio, já passou por todas essas fases.Ele conta um pouco sobre a sua pesquisa e como ela agregou conhecimentos para além do ensino tradicional do seu curso de graduação. “O tema que eu pesquisei”, relata, “foi relatividade linguística. É um tema que busca entender a influência que a língua tem sobre a cognição humana, busca entender como diferentes línguas exercem diferentes influências sobre o nosso modo de pensar e o nosso modo de ver o mundo. O campo que eu pesquisei é multidisciplinar, então eu tive contato com artigos de Antropologia, Sociologia, Letras, Literatura e Psicologia. Isso é uma coisa que a gente acaba não tendo muito no curso – esse contato com as outras áreas, outros campos que acabam vendo o mesmo fenômeno de diferentes formas acaba agregando muito para o campo científico no geral”.

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unicentro, professor Marcos Ventura Faria, afirma que a IC é um incentivo para o estudante e um complemento em sua formação. “Cada vez mais, nós temos procurado inserir o nosso aluno de graduação dentro do processo de ciência, dentro do processo de fazer pesquisa. A nossa Iniciação Científica é bastante forte. Além da capacitação profissional técnica dentro de cada área, a gente está conseguindo atrair nossos egressos da graduação para a pós-graduação em função de ter participado de Iniciação Científica”, avalia.

edital com todas as informações sobre o PROIC 2021 está disponível no site da Unicentro.

Avatar

Deixe uma resposta