Encenação de rua deu início, nessa terça, a programação do Feteco 2019

Encenação de rua deu início, nessa terça, a programação do Feteco 2019

O tempo ajudou e a Cia de Palhaços de Rua deu início, nessa terça-feira, 5, ao Feteco, o Festival de Teatro da Unicentro com uma encenação ao ar livre de “Vikings e o Reino saqueado”, na rua XV de novembro, em Guarapuava. A apresentação é uma das nove que integram a programação do Festival que, em 2019, chega a sua 22. edição. “O importante”, ressalta a diretora de Cultura da Unicentro, professora Iris Tomita, “é que todas elas têm entrada gratuita. Com isso, a gente consegue levar a cultura, o teatro para todo morador de Guarapuava e, também, de Irati, já que uma das apresentações é lá”.

Nessa quarta-feita, 6, são três apresentações – duas para o público infantil e uma para o adulto. As 13h30 e as 15h30 o grupo Felchak Produções encena a peça “Encantos”. Nela, o trem de brinquedos leva duas crianças para um passeio divertido pelos cantos e encantos, título da peça, do Paraná. A companhia teatral de Guarapuava volta ao palco a noite, às 20h, para a estreia do espetáculo “Revolução das mulheres”, uma comédia que retrata a revolta de algumas mulheres inconformadas com a capacidade dos homens em governar. Inspiradas pelo princípio da igualdade, eles querem mostrar que, unidas, podem cuidar da cidade com a mesma eficiência com que cuidam das casas. Os dois espetáculos são no Teatro Municipal de Guarapuava.

A peça “Negro não nego” vai ser encenada em Guarapuava e em Irati (Foto: divulgação)

Já na quinta-feira, 7, é a vez do companhia Cena Hum apresentar “Nego não nego”. O espetáculo é um olhar sobre o que é humano, ancestral, cultural. É um grito de resistência em meio ao caos. O texto fala sobre resiliência, respeito, afeto, alteridade e cidadania. A encenação tem início as 20h, no Teatro Municipal de Guarapuava. Mas, a peça volta a ser apresentada no dia seguinte, dessa vez em Irati, no Auditório Denize Stoklos, no campus da Unicentro, a partir das 20h30.

Na sexta, em Guarapuava, dois espetáculos, ambos no palco do Teatro Municipal, encerram o Feteco desse ano. Às 14h, a Cia do Abração encena “O menino que amarrava tudo”. A peça conta a história de Léo, um menino criativo que, para não esquecer nenhuma de suas vivências, amarra tudo em imensos cordões. Já a noite, às 20h, a Cia Delírio apresenta o espetáculo “Paixões desenfreadas”. Uma exaltação às histórias de vida que se passam diante de nossos olhos.

O Feteco é uma realização da Unicentro e do Ministério da Cidadania, com apoio da Prefeitura de Guarapuava e da Faculdade Guairacá e patrocínio do Grupo Superpão e da Caminhos do Paraná.

Avatar

Deixe uma resposta