Curso de Medicina inova com game baseado em casos clínicos

Curso de Medicina inova com game baseado em casos clínicos

O curso de Medicina da Unicentro, nesse primeiro ano de funcionamento, tem buscando implantar metodologias ativas. Uma das inovações promovidas pelo Departamento é o Octógono Médico. A atividade contou com novas metodologias de ensino e promoveu a interação entre os estudantes e entre eles e os professores. Os pilares do processo de ensino-aprendizado são o raciocínio clínico e as disciplinas ativas. Uma das inovações promovida pelo Departamento é o Octógono Médico, realizado essa semana. A atividade contou com a participação de professores e estudantes, e também teve a presença das famílias dos estudantes na torcida.

Atenção total para responder antes dos demais e sem errar (Foto: Coorc)

O octógono marcou a finalização das ações da disciplina de Seminários. Segundo o professor Abraão José Melhem Junior, apesar dessa ser a primeira experiência com esse tipo de aula, o feedback dos alunos dá amparo para pensar em uma sequência para o evento. “A gente quer, com certeza, dar sequência, continuidade nos outros semestres. E também despertar que as outras disciplinas se motivem com as metodologias ativas”, afirma.

A gameficação das disciplinas, segundo o chefe do Departamento de Medicina, professor David Livingstone Alves Figueiredo, é uma maneira de estimular a busca pelo conhecimento pelos alunos. O que a gente quer e a gente tem pensado é trabalhar mais metodologias ativas, inseridas nas aulas tradicionais, mas manter o curso misto. A gente acha que um curso misto é muito válido, ainda é muito importante uma aula tradicional, ela tem um peso muito importante”.

Para o calouro de Medicina Vinicius Duarte Lemos, a maneira como a disciplina de Seminários foi trabalhada despertou o interesse dos estudantes. “É uma disciplina bem diferente, que a forma como ela é trabalhada é diferente, ela é baseada em casos clínicos e a gente tem que responder. E agora transformar isso num game, que a gente tem que competir com os outros para responder, para obter sucesso nas questões, eu achei bem genial”, conta.

Avatar

Deixe uma resposta