Apresentações musicais encerram atividades pelo Dia Mundial da Voz

Apresentações musicais encerram atividades pelo Dia Mundial da Voz

A rotina é quase sempre a mesma. O relógio vai chegando perto das 19 horas e o movimento na universidade vai aumentado. Os ônibus e os carros vão chegando. As passadas largas tomam conta dos corredores.Mas numa noite dessas, a sinfonia da pressa foi substituída pelos acordes da música. Isso porque uma série de apresentações ocorreram em frente ao Auditório Francisco Contini, no campus Santa cruz da Unicentro. Elas fazem parte da comemoração pelo Dia Mundial da Voz – data que é celebrada no mundo inteiro para lembrar sobre a preservação desse instrumento tão importante para a arte e para a comunicação humana.

Responsável pelas apresentações, a professora de técnica vocal e canto, Eliana Fialho, reafirma a importância que a voz tem para diversas profissões. “No teatro, no canto, para o locutor, para o radialista, para o jornalista, repórter de televisão, mas também para o pastor, para o padre. Mas o profissional que usa mais intensamente é o professor, no dia-a-dia e sem nenhum trabalho vocal”.

E essa falta de preparo para a utilização da voz acarretam problemas para profissionais da educação e instituições de ensino. Uma pesquisa do Ministério da Saúde publicada no ano passado revelou que os distúrbios de voz são os principais responsáveis pelos afastamentos e readaptações funcionais entre professores. Por isso, a importância da conscientização. “O dia que isso for encarado como uma necessidade nas escolas, nas universidades, os problemas vão diminuir muito, os desgastes vocais serão muito menores e intensidade de calos nas pregas vocais e disfonia também”, avalia Eliana.

A Luana Isabela é uma das alunas da professora Eliana. Ela faz parte do Coral Opus III, que se apresentou na noite de conscientização. A estudante de Pedagogia começou cedo a preparar a voz para a futura profissão. “Como profissional da educação, a gente precisa ser muito comunicativo e ter uma expansão assim de conhecimento e também, de maneira geral, cuidar da voz para quê durante a carreira a gente não tem esse desgaste vocal”.

O publicitário Maurício também cantou com o Coral Opus III, além de realizar uma apresentação solo. Ele que já participa das aulas de técnica vocal há alguns anos, reconhece o impacto positivo dos ensinamentos. “É muito legal a gente ter dentro da Unicentro o curso de técnica vocal para que todas as áreas consigam trabalhar a sua voz e trabalhar nos mais diferentes meios”.

Avatar

Deixe uma resposta