Abertas as inscrições para as Oficinas Culturais da Unicentro

Abertas as inscrições para as Oficinas Culturais da Unicentro

Aproximar ainda mais a universidade da comunidade. É pensando nisso que a Diretoria de Cultura (Dirc) da Unicentro realiza convênios com artistas locais para a realização de oficinas culturais. De acordo com a agente universitária Elisabete Lustoza, a iniciativa vem dando certo. “A maioria, 90% dessas oficinas, são pessoas de fora da universidade, são crianças, são pessoas de melhor idade, da terceira idade que fazem parte e, que não estão aqui dentro, estão estão fora da universidade. Então, eles vem participar das nossas oficinas”.

E agora em março começam as turmas das oficinas para o primeiro semestre de 2019. Os interessados poderão escolher entre aulas de zumba, ritmos urbanos, k-pop e dança de salão, pintura em tela, teatro, canto, técnica vocal e violão. Elisabete lembra que algumas oficinas são oferecidas por parceiros conveniados a Dirc. “Eles utilizam o espaço da universidade, a divulgação que nós fazemos e o retorno que nós temos é que eles dão o trabalho deles comunidade também”.

Oficinas Culturais são abertas a toda a comunidade (Foto: Márcio Nei dos Santos)

Um dos conveniados que emprestam seu talento para ministrar as oficinas na Unicentro é o Fábio dos Santos, que dá aulas de violão. “A oficina contempla 20 aulas e a gente passa por todos os conteúdos básicos do violão. Então, desde o início, desde como segurar o violão, como mexer, o dedilhar. Até a última aula que, provavelmente, a pessoa já vai estar desenvolvendo a música”, conta. Apesar de só haver turmas básicas disponíveis no momento, Fábio afirma que a intenção é que sejam lançadas outras para quem já possui familiaridade com o instrumento. “Para o próximo semestre vai ter o intermediário, daí a gente vai trabalhar ali com campo harmônico”.

As oficinas de canto e de técnica vocal são ministradas pela professora Eliana Fialho. Ela lembra o quem se inscrever nas aulas pode esperar. “Vai aprender a utilizar melhor a voz, tanto a voz falada quanto a voz cantada. Ele vai aprender a fazer um repertório também de acordo com o gosto dele, com a orientação do professor”. Já a professora Sônia Cebulski, responsável pelas aulas de piano, deixa um conselho que vale para todas as oficinas. “Venham, venham. Tocar piano é muito bom e a música faz muito bem”. 

Quem quer seguir a dica e procurar uma das oficinas deve procurar a Dirc, que fica no campus Santa Cruz. O telefone é o 3621-1059. Mais Informações estão disponíveis na página da Diretoria de Cultura da Unicentro, no Facebook.

Avatar

Deixe uma resposta