Acadêmicos de Veterinária promovem segundo Ciclo de Palestras

Acadêmicos de Veterinária promovem segundo Ciclo de Palestras

Divulgar e promover a discussão acerca das atividades do meio rural. Esses são os objetivos do Ciclo de Palestras de Medicina Veterinária. A atividade é uma proposta da disciplina de Extensão Rural, organizada pelos acadêmicos do quinto ano do curso. De acordo com o professor Luiz Gonzaga Macedo, que ministra a disciplina, a organização do evento é uma das formas de avaliação já que todas as atividades ficam sob a responsabilidade dos alunos. “Enquanto futuros veterinários, uma das atividades que esses profissionais desenvolverão lá fora como atividade profissional é exatamente a difusão de tecnologias ou a difusão de algum programa institucional, alguma campanha de vacinação e, para isso, o aluno tem que estar habilitado a comunicar e realizar eventos”.

Atividade faz parte da disciplina de Extensão Rural

Esse é o segundo ano em que a atividade é realizada. Desta vez, de acordo com o professor Luiz Gonzaga de Macedo, a partir de temas estabelecidos pelos próprios alunos, foram convidados dois palestrantes para abordar as relações interpessoais pessoais e o crédito rural. “Nós trouxemos um coaching de uma empresa especializada, que veio ministrar um pequeno treinamento de como os nossos médicos veterinários poderão interagir com seus produtores rurais, com seus fornecedores e superiores. Com a atividade do crédito rural, a gente resolveu uma outra necessidade do futuro profissional que é entender que, ele se formando, ele tem a disposição linhas de créditos, que ele também possa utilizar dessas linhas de crédito rural para se tornar um veterinário empreendedor”, elucida.

Luana Francisco foi uma das acadêmicas que se inscreveu para o Ciclo de Palestras. Ela está no quarto ano do curso e destacou que a participação é uma forma de enriquecer o conhecimento adquirido durante a formação profissional. “Eu já tinha participado no ano passado e eu achei muito interessante. Então, eu participei neste ano para agregar conhecimento, auxilia bastante porque a gente vê como que é na prática. Essas palestras sobre como você aumentar a comunicação, de ensinar a gente a expandir o nosso negócio, eu acho bastante interessante”.

Toda a organização ficou a cargo dos estudantes

Já para a acadêmica Tainá Schmitt a experiência de atuar na organização do evento foi positiva e permitiu um contato ainda maior com o mercado de trabalho. “Acredito que qualquer organização de evento acaba agregando à formação profissional devido à experiência de lidar com o público de uma maneira que todos consigam levar para a sua vida um pouco mais de conhecimento”.

O professor Luiz Gonzaga Macedo também destacou que o Ciclo de Palestras é uma oportunidade para que os acadêmicos agreguem ainda mais qualidade à formação e que isso reflita em benefícios para o campo de trabalho. “O aluno exercita essa interface com os profissionais que já estão na atividade, seja no município, seja no estado. É uma ferramenta de avaliação enquanto metodologia do plano de ensino e, do ponto de vista de formação profissional, uma experiência prática dos alunos na vida acadêmica”, finaliza.

Deixe uma resposta