Mostra reúne expressões artísticas em pequenos espaços e a partir de variadas técnicas

Mostra reúne expressões artísticas em pequenos espaços e a partir de variadas técnicas

A diversidade artística explorada em pequenos espaços. Várias técnicas – como a colagem, a arte gráfica, a fotografia, a aquarela e o bordado – destacadas em quadrados de 12 X 12 centímetros. Assim é a Mostra Arte ao Quadrado, em exposição no campus Santa Cruz da Unicentro até o dia onze-de-agosto. Uma oportunidade, segundo a pró-reitora de Extensão e Cultura da Unicentro, professora Elaine Maria dos Santos, para quem gosta da expressão artística mostrar seu talento ou conferir a produção de quem faz arte em Guarapuava. “É um espaço para artistas, não-artistas, pessoas que se preparam para ser artista. São ações nas quais a gente vê a riqueza que o processo envolve. Isso para a gente é muito importante porque esse é um dos papeis da extensão,e a cultura ela soma nisso”, defende.

Esta é a segunda vez que a mostra está sendo realizada no campus Santa Cruz. Ao todo 55 obras compõe a exposição, número que deixou a Diretoria de Cultura otimista para projetar novas edições. Nós ficamos muito surpresos porque teve um acréscimo de participantes e de obras. Então, isso nos deixou muito otimistas porque quem sabe o ano que vem, com esse mesmo projeto, a gente triplique o número de participantes e de obras”, conta a agente universitária Elizabete Ribas Lustoza.

A exposição Arte ao Quadrado ganhou esse nome porque todos os trabalhos expostos tem a mesma dimensão, 12 X 12 centímetros. Um desafio bem aceito pelos artistas que participaram da mostra. A acadêmica de Artes Gabriela Spinardi, por exemplo, é a autora de uma das obras em exposição. Além de inovar no suporte, a estudante também optou por uma linguagem artística até então desconhecida para ela: a modelagem com argila.

Mais do que um exercício de criatividade a exposição rendeu uma boa reflexão sobre novas técnicas. Além da criatividade, conhecer novas técnicas que, muitas vezes, podem ser utilizadas por cursos de licenciatura em novas metodologias de ensino e levar coisas novas também para os alunos. Imagine se a gente pudesse levar um projeto assim para uma sala de aula? Seria muito interessante, além de incentivar os alunos na suas criatividades”, explica Gabriela.

Mostra pode ser conferida só até sexta-feira (11), no Centro de Exposições da Proec, que fica no Campus Santa Cruz (Foto: Acioli Caldas)

E de incentivo à criatividade Érica Gomes entende muito bem. Isso porque, além de participar da exposição, a professora do Departamento de Artes da Unicentro, também incentivou que o filho Augusto, de apenas quatro anos, expressasse seu talento. “Ano passado eu participei e esse ano eu convidei ele para participar também. A série sapequice é dele”.

E na conta arte vezes arte o resultado só pode ser positivo, tanto para quem expõe, quanto para quem visita a mostra. “Eu achei bem legal, tem trabalhos incríveis, tem técnicas diversas. A gente vê desde pinturas, desenho, até bordado, colagem, fotografia, tem umas obras bem diferentes. Achei bem bonita, bacana a proposta também”, fala a estudante universitária Kauane Zampiva, surpresa com os trabalhos em exposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *