Campus Santa Cruz sedia 4ª Conferência Municipal dos Direitos do Idoso

Campus Santa Cruz sedia 4ª Conferência Municipal dos Direitos do Idoso

O Auditório Francisco Contini no Campus Santa Cruz da Unicentro foi sede da 4ª Conferência Municipal dos Direitos do Idoso. O evento foi organizado pela Prefeitura Municipal de Guarapuava, através do Conselho do Idoso, e contou com o apoio da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati). A programação teve como tema “O que temos e o que queremos?”, discutindo o cenário atual das políticas públicas para a terceira idade na cidade. “Tanto as entidades governamentais, a sociedade civil, e as entidades não-governamentais se reúnem no Conselho para que a gente consiga fazer uma ampla discussão sobre a questão do idoso na sociedade”, comentou o presidente do Conselho Municipal do Idoso de Guarapuava, Jonilson Pires.

A programação teve dois momentos chave: uma mesa redonda com explicações da Secretaria Municipal de Assistência Social sobre os programas de auxílio aos idosos em Guarapuava, além da eleição dos delegados não-governamentais, que vão representar a sociedade civil dentro do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso durante o próximo biênio. “Participar de um conselho de direito é uma oportunidade bastante consistente de discutirmos os problemas das populações fragilizadas e, também, propor políticas públicas, soluções para esses problemas”, afirmou Maria Regina da Silva Vargas, vice-presidente do Conselho e coordenadora da Unati/Unicentro. No total dezesseis entidades concorreram a nove lugares no Conselho.

Conferência discutiu políticas públicas para a terceira idade (Foto: Márcio Nei dos Santos)

Para o reitor da Unicentro, professor Aldo Nelson Bona, a oportunidade de sediar a Conferência corrobora o trabalho que a instituição vêm fazendo com projetos, pesquisas e apoio aos idosos. “Nós vivemos um processo de transição geracional. Em pouco tempo, a sociedade brasileira não sera um país de jovens, mas majoritariamente de idosos, e para isso é preciso preparar-se. A Universidade tem promovido um conjunto de discussões, ações e pesquisas, temos a Universidade Aberta à Terceira Idade e, neste contexto, acreditamos que podemos contribuir com as políticas para os idosos”, declarou o representante da Unicentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *