Tesla: O Gênio mais injustiçado da história – Parte 1

Tesla: O Gênio mais injustiçado da história – Parte 1


   Nascido na atual Croácia durante uma violenta tempestade, à meia-noite em ponto do dia 10 de julho de 1856, Nikola Tesla foi, sem sombra de dúvidas, uma das maiores e mais misteriosas mentes que o nosso mundo já teve.

 

Figura 1: Nikola Tesla.

 

   Naquela época, nascer durante uma tempestade era considerado mal agouro, como dizia sua parteira, porém sua mãe, ao ver os relâmpagos, falava: “esta criança será iluminada”. Mal sabia ela que os relâmpagos seriam o seu principal material de estudo posteriormente, fascinando Tesla desde sua infância.

   Suas contribuições vão além da nossa pequena percepção da realidade. Para vocês terem uma ideia, Tesla, ao morrer, detinha quase 700 patentes mundiais, provando que foi um dos maiores inventores do mundo. Várias das criações tecnológicas atuais podem ser remontadas aos pensamentos de Tesla, como helicópteros, drones, celulares, energia solar e eólica, carros elétricos, torpedos etc.. Provou, ainda, ser um visionário para sua época ao analisar que as tecnologias afetariam de forma drástica o meio ambiente, impedindo, de certa forma o progresso da humanidade. Tesla dizia que existia uma diferença entre progresso e a tecnologia; segundo ele, “o progresso beneficia a humanidade e a tecnologia não necessariamente faz isso”.

   Apesar de ter contribuído de forma excepcional para o conhecimento da humanidade, Tesla foi o gênio mais injustiçado de todos os tempos. Isso se deve muito a sua associação com a vida extraterrestre. Alguns pesquisadores apontam que esses seres podem ter influenciado Tesla, tornando-o um receptáculo no nosso planeta para que a humanidade conseguisse avançar. Mas como essas indagações chegaram ao ponto de associar Tesla com seres extraterrestres? 

   Tesla estava muito à frente de seu tempo, com estudos e pesquisas dignas de uma ficção científica, ideias provindas, quem sabe, de outros seres.

   Uma de suas maiores façanhas envolve seus estudos sobre transmissão de energia elétrica sem fio. Em 1899, construiu um laboratório em seu país adotivo, os EUA (o qual era cidadão desde 1891). Neste local, ele conseguiu transmitir energia pelo solo a quilômetros de distância, usando o gerador de forças de Colorado Springs e uma torre com cerca de 27 metros, chamada por muitos de “Transformador Amplificador de Tesla”. Pessoas que passavam perto de seu laboratório levavam choques constantemente e lâmpadas acendiam de forma espontânea a quinze metros de sua torre. 

   Certa noite, Tesla usou sua invenção em força total, gerando um fenômeno por ele chamado de “crescente ressonante”. Sua torre descarregou cerca de 10 milhões de volts no planeta Terra. A corrente ricocheteou no outro lado do planeta com relação ao seu laboratório e, ao voltar, apesar de muito fraca, conseguia ser sentida. Tesla então gerou um efeito cumulativo devido à emissão constante de eletricidade de sua torre, que formaria o fenômeno visto por ele e seus assistentes como a maior descarga elétrica da história. Cerca de 19 metros de corrente eram vistos num brilho intenso de um arco voltaico, e os trovões eram ouvidos a cerca de 33 km de distância. Tesla passou a crer que o potencial para a geração de descargas ressonantes era ilimitado, porém as descargas fizeram com que o gerador de forças incendiasse e a cidade ficasse completamente na escuridão. Seu fornecedor cancelou a energia para seu laboratório, mas Tesla não desistiu de implementar um sistema de energia ressonante global. Ele chegou até mesmo a construir, por de baixo dos panos (visto que conseguiu financiamento de J.P. Morgan para outro projeto na época), uma torre que funcionaria como receptáculo de energia elétrica de uma fonte e, se fossem instaladas outras ao redor do mundo, poderiam funcionar de forma similar transmitindo energia sem fio, usando apenas o próprio planeta Terra como condutor. Seu financiador cancelou o projeto ao descobrir que Tesla estava planejando fornecer energia gratuita para a humanidade. E a Wardenclyffe Tower, como era chamada por seu criador, foi demolida em 1917. Tesla foi impedido de dar ao mundo energia de graça. 

 

Figura 2: Wardenclyffe Tower.

 

   Atualmente, o transporte de energia sem fio foi possível por alguns metros numa das mais avançadas instituições, o MIT. Porém, Tesla conseguiu esse feito em seu tempo, e não por míseros metros, mas por vários quilômetros. Existem outros grandes feitos de Tesla que provam a injustiça que sofreu durante sua vida, além de muitos mistérios. Na parte 2 deste blog você pode ter mais conhecimento sobre o quanto sua associação com extraterrestres ocasionou no seu esquecimento pela sociedade científica.

Texto por: Sanderson Carlos Ribeiro.

Referências:

GALINDO, Elciene. NIKOLA TESLA, ENERGIA LIVRE PARA O MUNDO. Disponível em: <https://nikolateslabrasil.wordpress.com/2015/12/02/nikola-tesla-energia-livre-para-o-mundo/>. Acesso em: 05 ago. 2019.

Ancient Aliens: Alienígenas do Passado. S08E06 (The Tesla Experiment). Produção: Meigan Bell, Kevin Burns, Kristina Djokic, Shannon Schaefer, Kim Sheerin. Intérpretes: Robert Clotworthy, Giorgio Tsoukalos e outros. Roteiro: Kaylan Eggert. Música: Tim Aarons. History Channel, 2014. 44 min., son., Color. Formato: Documentário.

1 comentário

  • Sou admirador incondicional desta mente brilhante.

    Jorge Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *