Unicentro repassa álcool 70% e máscaras cirúrgicas para agentes penitenciários

Unicentro repassa álcool 70% e máscaras cirúrgicas para agentes penitenciários

O coronavírus é, hoje, uma das maiores preocupações de diversos setores da sociedade brasileira. A facilidade que o covid-19 tem de se disseminar e o período de até 14 dias de incubação – tempo entre o contágio e os primeiros sintomas – dificultam, em muitos momentos e locais, a prevenção e o controle da doença. As penitenciárias são um exemplo disso. Afinal, nesses lugares, os espaços são essencialmente fechados e compartilhados. Um caso de coronavírus é suficiente para espalhar a doença entre apenados e agentes penitenciários. Dessa maneira, a prevenção incessante é o único caminho possível.

Esse cuidado preventivo passa pela higiene e pelo uso de equipamentos de proteção individual. Por isso, o Sindarspen, que é o Sindicato dos Policiais Penais do Paraná, entrou em contato com a Unicentro solicitando a doação desses materiais para as unidades penitenciárias de Guarapuava, Cascavel, Cruzeiro do Sul, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Londrina, Maringá, Ponta Grossa. “É uma população que é vulnerável e que está sempre necessitando de melhorias nas suas condições de vida – tanto para os trabalhadores, quanto para os presos”, explica o presidente do órgão, Ricardo Miranda.

O álcool doado é produzido na Unicentro a partir de doação da Receita Federal (Foto: Coorc)

A Unicentro atendeu a demanda dos policiais penais e entregou, nessa semana, ao presidente do Sindicato 60 fracos de álcool glicerinado 70% e 750 máscaras cirúrgicas – materiais que são resultado de uma parceria entre a universidade e a Receita Federal. “Sabemos da importância de se manter protegido nesse período de pandemia, esse período tão difícil que estamos enfrentando. Então, é um momento de união, é um momento em que é importante que os órgãos públicos e toda a sociedade se deem as mãos em prol do combate ao coronavírus”, avalia o reitor da instituição, professor Fábio Hernandes.

Para Ricardo Miranda, a doação feita pela Unicentro reforça institucional e, também, socialmente o papel fundamental das universidades públicas do estado do Paraná. “Para nós, é muito importante esse auxílio prestado pela Unicentro ao sistema penitenciário do estado do Paraná, isso demonstra o papel das universidades públicas no desenvolvimento da sociedade, no amparo a toda a sociedade paranaense e, inclusive, ao sistema penitenciário. Nós ficamos muito gratos por esse apoio da Unicentro em estar nos auxiliando, em estar nos ajudando durante esse período de pandemia para evitar que o covid-19 adentre as penitenciárias do estado e possa vir aí causar uma tragédia humanitária”, finaliza.

Avatar

Deixe uma resposta