Projeto Sábados Literários volta com encontros não presenciais

Projeto Sábados Literários volta com encontros não presenciais

Sem poder sair de casa, durante o isolamento social motivado pela pandemia de coronavírus, as pessoas têm recorrido à produções culturais como forma de entretenimento. Seja escutando música, assistindo a filmes ou lendo livros, a cultura tem colaborado para que a nossa rotina durante a quarentena seja um pouco mais leve. Como uma das formas da Unicentro se relacionar com a comunidade é, justamente, por meio de eventos culturais, a universidade precisou se reinventar para que eles pudessem continuar sendo realizados, mesmo que virtualmente.

Esse é o caso do Sábados Literários, que, segundo o coordenador do projeto, professor Edson Santos Silva, vai proporcionar encontros online para debater literatura. “Por conta da pandemia que está assolando o mundo – em particular o Brasil – nós resolvemos alterar o formato dos Sábados Literários e passamos do presencial para o virtual, utilizando num primeiro momento a plataforma Google Meet”, explica. 

Este ano, o Sábados Literários, que chega a sua oitava edição, tem como tema a relação “Entre Clássicos e Releituras”. O primeiro encontro online será no dia 30 de maio e abordará a obra de dois autores portugueses renomados – Almeida Garrett e Alexandre Herculano. O convidado para falar sobre o assunto é o professor da Unicentro Eduardo Soczek Mendes, que desenvolve pesquisa sobre os autores citados. De acordo com o professor Edson, a ideia é que os encontros previstos no cronograma de 2020 do Sábados Literários sejam todos realizados em ambientes virtuais. Eles serão conduzidos por professores e pesquisadores especialistas em autores de diversos países, entre eles Argentina, Itália, França, Romênia, Irlanda e os países árabes. 

No primeiro encontro de 2020, em destaque a obras de autores portugueses, como Almeida Garret

A proposta dos Sábados Literários é, realmente, uma proposta didática, em que um especialista apresenta determinados autores, com excertos de obras desses autores, com o intuito de aguçar mesmo o gosto pela literatura”, enfatiza o professor Edson. O coordenador do Sábados Literários reforça também que o projeto é destinado a um público diverso, que inclui os universitários. Mas a principal característica dos encontros é o incentivo a participação da comunidade iratiense. “É um projeto que nasce com um objetivo singelo: falar de grandes obras da literatura universal para um público que não seja só o público de Letras da nossa universidade, mas que seja para alunos do Ensino Fundamental e Médio, para professores, alunos de outros cursos, alunos da circunvizinhança de Irati e que a gente recebe bastante, alunos de Prudentópolis, Imbituva, Ivaí e etc”.

Os encontros presenciais do Sábados Literários sempre reúnem, em média, cinquenta pessoas. Agora, com os encontros virtuais, a expectativa é que a adesão e o interesse pela literatura se mantenham. A estudante Amanda Cristina Borges participou de diversos encontros do Sábados Literários no ano passado. Nesse período, viu seu interesse pela literatura aumentar. “Além da leitura ser um hobby, o Sábados Literários se tornou também, porque o pessoal comenta, muitas vezes, o que eu já tinha lido ou o que eu quero ler. É uma coisa que eu gosto muito e que acrescenta muito para a cultura local”. 

O link para o encontro virtual do Sábados Literários no Google Meet será disponibilizado por e-mail para os inscritos. Quem ainda não se inscreveu, pode registrar o interesse em participar através do site de eventos da Unicentro.

Avatar

Deixe uma resposta