Semana Acadêmica discute modelos alternativos de produção comunicacional

Semana Acadêmica discute modelos alternativos de produção comunicacional

om o objetivo de propiciar aos acadêmicos dos cursos de comunicação experiências para além da sala de aula, o Centro Acadêmico Carmen da Silva realizou, entre os dias sete e nove de junho,. mais uma edição da Semana Acadêmica de Comunicação Social. A atividade, que integra a agenda anual dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, foi promovida em conjunto com o evento Ímpares da Comunicação, promovido pelo Grupo de Pesquisas Conversas Latinas em Comunicação (CLC).
A presidente do Centro Acadêmico, Renatha Giordani, conta que a proposta foi trazer para o debate formas alternativas de comunicação. “Opções que não seguissem a proposta convencional e que também mostrasse outros campos de atuação do comunicador”, destaca. Nesse sentido, a Semana de Comunicação contou com diversas atividades. Além de palestras, foram realizadas oficinas de design e impressão 3D, diagramação, fotografia e locução em rádio.

Uma das palestras da Semana de Comunicação foi ministrada pelo professor Eduardo Yamamoto (Foto: Marina Alves)

Na primeira noite de evento a conversa com os acadêmicos ficou por conta do professor do Departamento de Comunicação, Eduardo Yamamoto, que falou sobre Jornalismo Comunitário. Para o docente, fazer uma reflexão sobre o tema implica em pensar o Jornalismo para além do mercado. “O grande desafio é você encontrar um modelo de produção comunicacional que permita uma maior participação da comunidade, sobretudo da comunidade periférica como as minorias sociais e, também, tentar articular redes que possam apoiar essa tipo de iniciativa”, pondera.

Para além de professores da Instituição, o Centro Acadêmico trouxe ainda profissionais que já atuam no mercado de trabalho para participar do evento. Andy Troc é formado em Publicidade e Propaganda e atua no Laboratório de Ideias da Prefeitura de Guarapuava. No segundo dia de evento, o profissional ministrou a oficina Design e Impressão 3D, falando sobre as inovações no mercado criativo, e também, sobre as novas possibilidades para formados na área da comunicação.
Natalli Krissa é acadêmica do quarto ano de Publicidade e Propaganda e acredita que atividades como essa contribuem sobremaneira para a formação profissional. “Como vou entrar no mercado, efetivamente, a partir do ano que vem. Então, acho que é muito importante a gente ver quais são as tendências de mercado, ver para onde está indo nossa profissão e como está se expandindo esse leque de opções que a minha formação oferece”.

Oficinas também fizeram parte da programação (Foto: Marina Alves)

Renatha Giordani, presidente do Centro Acadêmico, explica que o objetivo da Semana de Comunicação é, justamente, propiciar aos estudantes um contato que vai além de conhecer o mercado de trabalho, mas apresenta novas perspectivas. “Particularmente, acho que abre o nosso campo de visão para outras perspectivas não de mercado, mas perspectivas de vida porque você conhece pessoas, conhece meios diferentes, interage e essa interação é fundamental na comunicação”, avalia.
A programação da Semana Acadêmica de Comunicação contou ainda com a palestra ‘Crítica Cinematográfica Ontem e Hoje’, com o jornalista Marden Machado, com a exibição do documentário ‘Vlado: 30 anos depois’ e com uma mesa-redonda que discutiu a Ditadura Militar brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *